28.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Évora recebe I Encontro de Tunas do Alentejo: ”Vamos mostrar a tradição académica da cidade” diz Pres. Da TAUE(c/som)

Évora vai receber no próximo sábado, dia 25 de março, o primeiro encontro de tunas do Alentejo (I ETAnol) .

A iniciativa integra-se no “Mês da Juventude” e o convite foi lançada pela Câmara Municipal de Évora à Tuna Académica da Universidade de Évora para que fosse a organizadora da iniciativa,.

O encontro está marcado para a Praça do Giraldo pelas 17:30 que irá contar com a atuação das seguintes tunas: Agricultuna, Taeb, Tafue , Tesejd , Tae.

A TAUE, remonta ao ano de 1989 a ideia de constituir, na Universidade de Évora, uma Tuna Académica. Esta iniciativa é levada a cabo por um iluminado grupo de amigos, com o objetivo de representar condignamente a sua Universidade no seio de todas as academias, ensaiando algumas músicas tradicionais alentejanas e outras de grande sucesso, pois como diz o velho ditado: “Sem boa música não há bom vinho”. Estavam assim lançados os dados para a constituição daquela que viria a ser, em Portugal, a mais velha Tuna Universitária a sul do Tejo.

A Rádio Campanário falou com Rafael Canas, Presidente da Tuna, sobre este desafio, como está a correr a sua organização e quais os seus objetivos.

Rafael Canas, começa por contar-nos um pouco da história desta Tuna académica explicando “a Tuna foi criada por um grupo de amigos , cresceu e começou a ter influência, não só dentro da universidade de Évora, mas também na cidade de Évora e foi sempre mantendo atividade, já com participação em festivais nacionais e internacionais.”

No que diz respeito a este encontro de tunas, Rafael Canas considera “ser um desafio a sua organização pois nunca tinha sido feito um encontro de tunas” acrescentado “é um desafio experimental, vamos ver como corre.”

Este encontro, refere Rafael Canas “ vai contar com a atuação das seguintes tunas: Agricultuna- Tuna do Instituto Superior de Agronomia de Lisboa, Taeb- Tuna Académica de Enfermagem de Beja, e as Tunas da Casa, Tafue- Tuna Académica Feminina , Tesejd- Rtuna da Escola Superior de Enfermagem São João de Deus , Tae- Tuna Académica do Liceu” que vão atuar na escadaria da Sé, na Praça do Giraldo em Évora, um evento gratuito.

O Presidente da Tuna Académica de Évora refere que o objetivo do encontro é “não só dar a conhecer Évora e a tradição académica da cidade, mas também dar à cidade a oportunidade de conheceram mais tunas, cada uma com as suas tradições e diversidade de música, e a sua vida.”

Questionado pela Rádio Campanário se, na sua opinião, Évora é característica na sua tradição académica, e se enquanto Presidente da Tuna sente isso, Rafael Canas considera “ que o interesse pelas Tunas Académicas decresceu um pouco, talvez fruto de algumas situações ligadas a pessoas anti-praxes.”

Sendo este o I Encontro de Tunas do Alentejo, a Tuna Académica da Universidade de Évora está expetante mas ao mesmo tempo convicta de que irá conseguir ao desafio que lhe foi proposto pelo Município.

 

 

Populares