25.9 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Abril 12, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Exposição “As Invasões Napoleónicas em Montemor-o-Novo” até a próxima quarta-feira em Montemor-o-Novo

Exposição integrada na Agenda “Invasões Napoleónicas em Portugal” do Turismo de Portugal

Arquivo Municipal
28 de julho a 31 agosto

Seg. a Sexta-feira:
10h – 12:30h
14h – 18h


Em 1807, Napoleão intimou Portugal a aderir ao bloqueio comercial das ilhas britânicas. Até esse ano, Portugal defendia a neutralidade, mas, em 1807, recusou aderir ao bloqueio. Em consequência desta recusa, um exército comandado pelo general Junot dirigiu-se, através de Espanha, à fronteira da Beira Baixa e invadiu o território português em novembro desse ano.

O receio de decapitação política do país levou o príncipe-regente, D. João VI, a embarcar para o Rio de Janeiro e a entregar o governo a uma Junta de Regência. Esta foi destituída pelos franceses em fevereiro de 1808, ficando Portugal na dependência de Napoleão. A isso seguiu-se uma infindável série de abusos e violências próprias de todos os invasores.

Na noite de 28 de julho de 1808, entraram em Montemor-o-Novo as tropas francesas e saquearam durante várias horas a cidade. No meio destes abusos mataram alguns clérigos que, com as armas nas mãos, defendiam a pátria e a população local. Entre eles descreve-se o falecimento do padre Manuel Pedro, Prior de São Geraldo.

Entre o mês de setembro e o início de outubro, o exército francês saiu de Portugal, terminando assim a primeira invasão francesa.

A 12 de outubro de 1808 há referência a uma Missa, um Te Deum e um sermão na Igreja Matriz [de Montemor-o-Novo] “em ação de graças a Nosso Senhor pelos benefícios recebidos na expulsão de nosso inimigo comum: o qual sermão se encarregou o Reverendo Fr. Joaquim Palma Religioso de S. João de Deus e morador no Hospital desta Vila”.

Para saber mais, basta visitar o Arquivo Municipal até 31 de agosto e a Exposição no Arquivo Municipal, integrada na Agenda ‘Invasões Napoleónicas em Portugal’, do Turismo de Portugal.

Org: Município de Montemor-o-Novo / Arquivo Municipal de Montemor-o-Novo

Fonte: Montemor-o-Novo

Populares