29.8 C
Vila Viçosa
Segunda-feira, Julho 15, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“Falamos de um investimento de 5,9M€; É com grande alegria que vejo mais próxima esta obra do Convento da Saudação” diz Presidente da CM Montemor-o-Novo (c/som)

À margem da visita da Ministra da Agricultura e da Alimentação ao reservatório hidráulico da Barragem dos Minutos em Montemor-o-Novo, a Rádio Campanário falou com o presidente da CM de Montemor-o-Novo, sobre a próxima visita, ao convento da saudação, em que estarão presentes a Ministra da Presidência, o Ministro da Cultura e o Secretário de Estado da Cultura.

Questionado pela sobre a atribuição dos 5,9 milhões de euros ao Município para a reabilitação deste convento da saudação, Olimpio Galvão referiu que “de facto, Montemor-o-Novo, pode contar com 5,9 milhões de euros nesta reprogramação do PRR que é, digamos, o maior investimento desta reprogramação dos 40 milhões, no Alentejo. Por isso, vamos ter hoje aqui, digamos que, para assinalar oficialmente no nosso concelho, esta reprogramação, vamos ter o ministro da cultura, com a sua secretária de estado, vamos ter a ministra da presidência, e vamos fazer uma pequena visita e vamos ter a intervenção dos membros do governo, e intervenção minha também, e é com grande alegria que vejo mais próxima esta obra. É claro que o político é uma pessoa que está sempre insatisfeita, só estarei descansado porque isto é uma enorme responsabilidade, esta locação de verbas de 5,9 milhões de euros, trás uma grande responsabilidade para cima dos políticos de Montemor e de todos os montemorenses, por isso só estarei descansado quando a obra estiver terminada, mas de facto, já se vê uma luz ao fundo do túnel. São muitas décadas a lutar para que esta obra seja uma realidade, para que este sonho seja uma realidade, e hoje é um passo importantíssimo, é o oficializar de que, há financiamento para o convento da saudação. É uma janela aberta que não vamos deixar fechar de forma alguma, e temos que aproveitar muito bem esta verba, dentro dos prazos que são exigentes no PRR, mas é um momento importantíssimo e de grande orgulho para um autarca, receber o governo no território, e ainda por cima recebê-lo com investimentos no seu território e no seu concelho.”

Populares