18.7 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Junho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Falta de enfermeiros “põe em risco” atendimento dos utentes do Hospital de Évora, alerta o SEP (c/som)

São graves as acusações que o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses faz contra a Administração do Espirito Santo de Évora (HESE) relativamente a uma alegada falta de enfermeiros naquela unidade hospitalar.

Em declarações à Rádio Campanário, Pedro Fria, dirigente do Sindicado dos Enfermeiros Portugueses denuncia “uma extrema carência de enfermeiros no hospital”, indo mais longe afirmando que “há enfermeiros que trabalham mais de 50 horas por semana e depois ainda vêm sonegado o pagamento do trabalho extraordinário, que é seu por direito”.

Segundo o sindicalista, já ocorreram reuniões com o Presidente da ARS Alentejo e com o Conselho de Administração do HESE, que segundo o mesmo não obtiveram o resultado desejado, tendo já marcado uma reunião com o Ministro da Saúde, Paulo Macedo, estando também já pedida outra reunião com o Conselho de Administração do Hospital.

Questionado se esta situação coloca em perigo a saúde dos utentes do HESE, Pedro Fria afirma perentoriamente que “disso nós não temos duvidas”.

{play}http://radiocampanario.com/sons/falta_enfermeiros_12agosto14.MP3{/play}

Contatada a Administração do Hospital do Espirito Santo de Évora, a mesma excusou-se a prestar declarações.

Populares