12.6 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Maio 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Festival Terras Sem Sombra volta a animar Odemira

Foto: Município de Odemira

Entre os dias 2 e 4 de setembro, a concelho de Odemira recebe a 18ª edição do Festival Terras Sem Sombra, uma iniciativa que reúne música, património e biodiversidade. A organização do Terras Sem Sombra é assumida pela Pedra Angular – Associação dos Amigos do Património da Diocese de Beja. A realização do Festival em Odemira conta com o apoio do Município de Odemira e insere-se na programação da iniciativa Setembro, uma imersão cultural.

 

O primeiro momento do Festival Terras Sem Sombra no concelho de Odemira acontece já no dia 2 de setembro, com a uma a actividade “Onde a Vida Acontece” dedicada a miúdos e graúdos. Para as 10h00, está agendada uma vista guiada pelas principais ruas da vila de São Teotónio, acompanhada pelo historiador António Quaresma, o ponto de encontro é a Igreja Paroquial. Segue-se uma visita ao Museu do Medronho, onde os participantes poderão conhecer um pouco mais sobre este fruto, o processo da destila entre outras curiosidades. A noite encerra com o concerto “Paisagens Sonoras”, pela jovem odemirense Mariana Martins, agendado para as 21h30, na Sociedade Recreativa São Teotoniense.

No dia 3 de setembro, está agendada para as 15h00 a atividade “Vale de Santiago: História e Tradições”, uma visita guiada que dará a conhecer alguns dos principais pontos de interesse desta localidade, bem como algumas curiosidades históricas e tradições populares desta freguesia do interior do concelho, cujo topónimo deriva da Ordem de Santiago, à qual pertenciam os campos e vales em redor da povoação. A visita será orientada pelos historiadores António Quaresma e José António Falcão. O Ponto de encontro será a Igreja Paroquial de Santa Catarina. A partir das 21h30, a Igreja da Misericórdia em Odemira, vai ser palco para um concerto memorável “Geografias da Alma: Viagens ao Redor de Um Piano”, pelo músico filipino Raul Sunico. Este intérprete reconhecido internacionalmente e autor de uma extensa discografia, mantém a interessante distinção de ter sido o único pianista do mundo a tocar, numa só apresentação, tanto os quatro concertos e Sergei Rachmaninoff, como os três concertos para piano de Piotr Tchaikovsky.

A presença desta edição do Terras Sem Sombra em Odemira termina com uma componente de biodiversidade, com o evento “Da Ponte do Sol Posto ao Pego das Pias: A Ribeira de Torgal”, agendada para dia 4 de setembro, pelas 9h30. A atividade conduzida pela geóloga Madalena Silva levará os participantes por um passeio em que o património natural estará em destaque, dando a conhecer a riqueza geomorfológica do local. O ponto de encontro é o Cais de Odemira, sendo disponibilizado transporte para o local da visita.

Ao longo dos 3 dias as atividades do Festival Terras Sem Sombra no concelho de Odemira contam com a presença da, a Embaixadora das Filipinas, Celia Anna M. Feria, acompanhada por uma comitiva da Embaixada.

O Terras sem Sombra surge em 2003 com a firme vontade de partilhar e projectar o legado cultural e natural do Alentejo. De carácter itinerante, a programação do Festival dá a conhecer um território ímpar, contribuindo para a formação de novos públicos e a descentralização cultural.

As atividades são de participação gratuita.

Populares