23.2 C
Vila Viçosa
Domingo, Abril 14, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Futuro da nova aldeia do Pisão face à construção da barragem.

A iniciativa de realizar um inquérito dirigido aos residentes e aos proprietários dos imóveis na aldeia de Pisão, no concelho de Crato, no distrito de Portalegre, visa recolher informações sobre as preferências e expectativas dos mesmos para a formação da nova aldeia.

 Este procedimento faz parte do projeto de construção de uma barragem, que provocará a submersão da atual localidade de Pisão, afetando cerca de 70 habitantes e 110 propriedades.

António Farinha, membro da Comissão da Pró-Associação de Residentes e Proprietários de Pisão, disse hoje à agência Lusa que este questionário constitui a segunda etapa de consultas públicas desde o início do projeto.

A consulta inicial, efetuada em 2021, tinha como objetivo entender as preferências dos moradores relativamente ao seu realojamento e às características que desejavam para a nova aldeia. O questionário atual procura aprofundar e detalhar essas questões, solicitando opiniões sobre as infraestruturas e os tipos de habitações que os inquiridos desejam para a sua futura aldeia.

Este estudo está a ser realizado por uma entidade especializada, sob a égide da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), que está a liderar o projeto da construção da Barragem do Pisão. Pretende-se, com esta iniciativa, compreender melhor as aspirações dos moradores quanto à manutenção de determinados aspetos da aldeia atual e às alterações que gostariam de ver implementadas na nova localização.

A área destinada à construção da nova albufeira abrange 10.000 hectares, o que implicará a submersão da aldeia de Pisão, envolvendo a população no processo de decisão acerca do seu futuro.

Populares