15.4 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Junho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“Há que trabalhar em rede e focados nas pessoas para garantir um bom serviços de proximidade”, diz Ana Mendes Godinho (c/som)

No âmbito da iniciativa “Governo + Próximo”, que trouxe vários membros do Governo a visitar os concelhos do distrito de Évora, a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, marcou presença nas instalações do Comando Territorial da GNR de Évora, uma vez que a GNR tem um papel cada vez mais importante junto das pessoas.

Em declarações à nossa redação, Ana Mendes Godinho, referiu que “a nossa vinda aqui é uma forma de valorizar e de dar visibilidade ao trabalho permanente e diário que a GNR faz de proximidade no terreno junto das pessoas. Aqui vimos exemplos que a GNR tem de acompanhamento, por exemplo, às pessoas mais velhas, nomeadamente no combate ao isolamento ou no apoio em situações de emergência, mas também, por exemplo, com sessões de hipoterapia, com pessoas com deficiência que são trazidas aqui, ou ainda com sessões com crianças e jovens, de sensibilização e de prevenção, portanto, mostra bem como a GNR é uma força de presença e de proximidade no terreno que é preciso nós aproveitarmos e cada vez mais a pandemia também mostrou isso, temos que trabalhar todos em rede e em conjunto, focados nas pessoas e, no serviços, a cada uma das pessoas, de forma personalizada. Conseguimos isso se estivermos cruzados em termos de serviços, aqui no caso da GNR com uma articulação muito grande com a Segurança Social distrital de Évora, e com a capacidade, por exemplo, das associações que vêm ali e têm hipoterapia, são associações, também que, são articuladas e acompanhadas pela Segurança Social. No fundo é haver esta capacidade em rede dos serviços, GNR e Segurança Social a trabalhar em conjunto nos desafios comuns que temos, até porque, muitos dos desafios que a GNR tem, têm por base, muitas vezes, questões sociais, portanto, se conseguirmos resolver, através desta proximidade, estes desafios, acho que estamos todos a fazer um serviços melhor”.

Populares