23.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Abril 19, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Homem que arrancou nariz a GNR em Beja alega legítima defesa e faz queixa contra guardas!

O homem que mutilou o nariz de um militar da GNR em Beja alegou legítima defesa e apresentou queixa contra este militar da GNR e outros dois que estavam com ele e desconhecidos, queixando-se de que foi agredido.

A queixa foi apresentada no Ministério Público.

Em engtrevista ao Jornal de Notícias o homem diz ter sido ” agredido física e verbalmente e, depois de algemado, fui agarrado pelo pescoço e quase sufocado. Reagi à falta de ar e mordi o guarda.” justificando a sua atitude como a”única forma de se defender.”

O homem de 33 anos, à data, foi colocado em prisão preventiva, no Estabelecimento Prisional de Beja, mas recorreu e o Tribunal da Relação de Évora, colocou-o em Prisão domiciliária , na sua residência em Cuba.

Está acusado de dois crimes de ofensa à integridade física qualificada, um de injúrias agravado e um de condução de veículo em estado de embriaguez.

O arguido não compreende a abordagem da GNR , não nega o seu comportamento violente mas diz ter sido “agredido a pontapé, agarrado pelo pescoço e quase sufocado”.

Leia a entrevista completa em Jornal de Notícias

Populares