13.9 C
Vila Viçosa
Segunda-feira, Abril 22, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Hospital de Évora pioneiro no Alentejo a realizar cirurgia em doentes graves com AVC

O Hospital do Espírito Santo em Évora realizou recentemente uma intervenção em dois doentes que sofreram um AVC e que se revelou um sucesso.

A intervenção decorreu no no Centro de Responsabilidade Integrada Cérebro Cardiovascular do Alentejo (CRIA) do HESE, adiantou esta Unidade Hospitalar numa nota divulgada na sua página oficial

O primeiro encerramento de Foramen ovale patente (FOP), por via percutânea decorreu sob orientação da Especialista Drª Lídia de Sousa, Cardiologista de Intervenção no Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central.

O Foramen ovale é uma estrutura que permite a circulação fetal e que, normalmente, encerra no decorrer do período neonatal. No entanto, em cerca de 25% da população, este encerramento não ocorre, verificando-se a comunicação entre as cavidades cardíacas esquerdas e direitas. Esta intervenção permite a passagem de trombos venosos das cavidades direitas para as esquerdas, promovendo a formação de AVC embólicos. A intervenção ao FOP é fundamental para prevenir a recorrência de eventos com esta etiologia.

Ana Rita Rocha, Cardiologista do HESE realçou que “este procedimento permite que doentes que tenham sofrido um AVC, situação já de si grave e com recuperação por vezes difícil, possam ser tratados no Alentejo.”

Esta possibilidade, agora disponível no Alentejo, evita que estes doentes se tenham que deslocar a Lisboa ou aos grandes centros para serem tratados.

Os Cardiologistas do HESE realizaram a intervenção pela primeira vez, com sucesso, a dois doentes.

Populares