9 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Hyperion quer readquirir Central Solar ‘Projeto Évora 25’ das mãos da Francesa Mirova

A Hyperion Energy Investments, uma empresa portuguesa no setor de energia renovável, manifestou intenções de readquirir a central solar “Projeto Évora 25” no Alentejo, atualmente sob controle da Mirova, uma empresa francesa. Este desenvolvimento surge após a Hyperion ter estabelecido um acordo em 2018, onde cedeu 90% da central à Mirova, mantendo uma participação de 10%. O “Projeto Évora 25”, que começou a operar em 2019, possui uma capacidade de 25 MW, baseando-se na produção de energia solar fotovoltaica.

A Autoridade da Concorrência de Portugal (AdC) recentemente tomou conhecimento da proposta de aquisição do controle exclusivo da Hyperion Energy Elvas pela Hyperion Energy Investments. Este movimento representa um passo estratégico para a Hyperion, que procura reforçar sua presença no mercado de energias renováveis, não só em Portugal, mas também na Península Ibérica e na Europa Central e Oriental.

Importante destacar o histórico da Mirova em Portugal, onde participou da aquisição de seis barragens na bacia do Douro, em consórcio com a Engie, num negócio de 2,2 mil milhões de euros com a EDP em 2020. Além disso, a Mirova mantém uma participação no consórcio que inclui um portefólio de empresas hidroelétricas do Grupo EDP.

A Hyperion, fundada em 2006 e com um foco crescente em energia solar, vê este acordo como uma oportunidade de acelerar a expansão de suas atividades. Em novembro, a empresa recebeu um aumento de capital de 140 milhões de euros da Mirova, visando a expansão e a implementação de projetos de energia renovável, incluindo fotovoltaicos, eólicos, de armazenamento e hidrogénio verde, com uma carteira de 3,4 GW (gigawatts). Até o momento, a Hyperion já desenvolveu cerca de 50 projetos em Portugal, totalizando 270 MW de energia conectada à rede, além de gerir 600 MW de ativos de terceiros.

Populares