26.5 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Julho 16, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

IEFP com candidaturas abertas para cheque de formação digital até 750€

IT Insight

O Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), abre esta sexta-feira o período de candidaturas para o cheque de formação digital e e dará até 750 euros aos trabalhadores.

Em declarações ao ECO, o IEFP informou que vai avançar com o formulário necessário para a submissão dos pedidos a partir de dia 8 de setembro, e que ““A informação que vem sendo transmitida é a de que a possibilidade de se submeterem candidaturas à medida Cheque Formação + Digital ficaria disponível em setembro. À data de hoje, podemos garantir que a partir das 9h00 do dia 8 de setembro estará disponível no portal IEFPonline o formulário eletrónico para a submissão das candidaturas à medida em apreço”.

O anúncio do lançamento deste cheque digital foi feito em meados de julho, pelo Secretário de Estado, Miguel Fontes, e que, segundo o IEFP, o objetivo é “apoiar e fomentar o desenvolvimento de competências e qualificações no domínio digital dos trabalhadores, constituindo-se como um instrumento potenciador da manutenção do emprego e do reforço da qualificação e da empregabilidade“.

Este cheque destina-se a todos os trabalhadores dependentes de uma entidade empregadora independentes, empresários em nome individual ou sócio de sociedade unipessoais. Não existe também qualquer distinção entre trabalhadores em função do nível de proficiência digital, pelo que candidatos com diferentes competências podem ser apoiados..

A medida decorre em regime de candidatura aberta, tendo os interessados apenas que preencher o formulário disponível a partir da próxima-sexta-feira.

Na candidatura, além do formulário, devem ser apresentados o comprovativo de informação bancária, o Comprovativos de situação contributiva regularizada perante a Segurança Social e a Autoridade Tributária, a memória justificativa da necessidade da formação e documentos relativos à ação que o candidato pretende frequentar.

O apoio máximo que cada trabalhador vai receber, por ano, é de 750€, independentemente do número de formações.

 

Leia a notícia completa em: ECO

Populares