18 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Abril 16, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Imigrantes agredidos pelos seus patrões em Vendas Novas e Pegões

Segundo o Jornal Expresso, O Carlos é o único estabelecimento junto à rotunda da freguesia de Pegões que não foi arrendado ou comprado por estrangeiros: a loja ao lado é uma pequena mercearia, onde três jovens indostânicos se juntam na porta à conversa; à frente nasceu o café Nepal, que tem na esplanada um grupo de homens sentados e a partilhar um prato de dumplings e imperiais; do outro lado da estrada, outra loja anuncia na montra, em inglês, que vende de tudo um pouco.

O número de imigrantes indostânicos que chega à região tem vindo a aumentar nos últimos anos. A Junta de Freguesia de Pegões emite, em média, entre 20 e 40 novos atestados de residência por semana, grande parte para trabalhar na agricultura, nos campos ou em estufas.

Deixam a Índia, Nepal, Paquistão e Bangladesh com a garantia de casa e emprego, habitualmente assegurados por um intermediário da mesma nacionalidade que já vive em Portugal há alguns anos. Mas nem todos conseguem fixar-se num emprego e a violência mora perto deles: os vários imigrantes indostânicos daquela região acusam muitos dos patrões de “agressividade excessiva”, sem adiantarem detalhes da alegada violência.

 

Leia a Notícia completa em: Expresso

Populares