13.2 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Junho 13, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Incêndios: Mais de 350 bombeiros combatiam cinco fogos ativos pelas 00:30

Os cinco fogos ativos que lavravam em Portugal continental pelas 00:30 de hoje eram combatidos por mais de 350 bombeiros, com o concelho de Valpaços a mobilizar o maior número de meios em dois incêndios, segundo a Proteção Civil.

Segundo a página oficial na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), às 00:30 estavam no terreno 377 operacionais, apoiados por 112 viaturas, nos cinco fogos ativos.

O concelho de Valpaços é o que mobiliza mais operacionais, devido a dois incêndios.

O fogo que deflagrou em Valverde, na terça-feira, sofreu na quarta-feira uma reativação no “mesmo local e mesma linha de incêndio”, segundo explicou à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Com uma frente ativa, às 00:30, o incêndio mobilizava, 175 bombeiros com o apoio de 53 viaturas.

Ainda no mesmo concelho, deflagrou às 17:35 de quarta-feira um incêndio em Lamas, que mantinha no terreno, pelas 00:30, 111 operacionais e 35 meios terrestres.

Em Vilela, concelho de Cabeceiras de Basto, distrito de Braga, lavrava desde as 19:33 um incêndio que mobilizava 91 bombeiros, com o apoio de 24 meios terrestres.

Já o incêndio que deflagrou domingo na Samardã, em Vila Real, e que sofreu uma reativação na quarta-feira à tarde, voltou a ser dado como dominado esta noite, segundo a Proteção Civil.

No terreno, mantinham-se, pelas 00:30 de hoje, 310 operacionais, apoiados por 86 viaturas.

Mais de 60 concelhos dos distritos de Vila Real, Viseu, Bragança, Guarda, Castelo Branco, Santarém e Portalegre apresentam hoje perigo máximo de incêndio, indicou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também vários concelhos de Braga, Vila Real, Viseu, Aveiro, Coimbra, Santarém, Leiria, Castelo Branco, Portalegre, Lisboa, Évora, Beja e Faro em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural.

Segundo o instituto, o perigo de incêndio rural vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até domingo.

Populares