22 C
Vila Viçosa
Segunda-feira, Abril 22, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

IPMA: Fevereiro foi “extremamente seco”!Água no Solo no baixo Alentejo “diminuiu significativamente”!

O mês de fevereiro de 2023 em Portugal continental classificou-se como normal em relação à temperatura do ar e extremamente seco em relação à precipitação.

A informação consta do Boletim Climatológico de fevereiro, hoje divulgado pelo Instituto Português do mar e da Atmosfera.

Em fevereiro Portugal continental esteve frequentemente sob a influência de uma massa de ar polar, com trajeto continental, transportada na circulação de um anticiclone localizado à latitude das Ilhas Britânicas e prolongado em crista para leste/nordeste. O continente foi também afetado por depressões, com expressão em altitude, assim como pela passagem de uma superfície frontal fria, as quais originaram precipitação, sendo localmente de granizo e, episodicamente, sob a forma de neve em cotas superiores a 400 m na região Norte e a 600 m na região Centro.

No mês de fevereiro, em Portugal continental, o valor médio da temperatura média do ar 9.94 °C, foi muito próximo do valor normal 1971-2000 com uma anomalia de -0.04 °C.

Os valores médios de temperatura média do ar foram próximos do valor normal, exceto na região noroeste do território, onde foram superiores.

No mês de fevereiro 2023 o total de precipitação mensal, 10.7 mm, foi muito inferior ao valor médio, correspondendo a apenas 11 % do valor da normal climatológica 1971-2000. De referir que, considerando os ultimos 35 anos, apenas em 9 anos os valores de precipitação mensal em fevereiro foram superiores ao valor médio.

O valor médio da quantidade de precipitação no ano hidrológico 2022/2023 (1 de outubro 2022 a 30 de setembro de 2023), 625.1 mm, corresponde a 110 % do valor normal. Em termos espaciais, os valores da quantidade de precipitação acumulada no ano hidrológico 2022/2023 são superiores ao normal na região litoral Norte e Centro, alguns locais do interior de Trásos-Montes e nas zonas de altitude da região Centro (Figura 13). Na região Sul e, em particular no Baixo Alentejo e grande parte do Algarve, o valor acumulado de precipitação é inferior à média com percentagens inferiores a 75 %. Os valores da quantidade de precipitação acumulada no ano hidrológico, à data, variam entre 160.3 mm em Alvalade e 2073.2 mm em Vila Nova de Cerveira e os valores da percentagem de precipitação entre 43 % em Alvalade e 176% % em Monção.

Verificou-se uma diminuição significativa da percentagem de água no solo, estando praticamente todo o território com valores inferiores a 60 %. Destacam-se alguns locais do litoral Centro e do Baixo Alentejo com valores percentagem de água no solo inferiores a 20 %.Fonte: IPMA

Populares