21.5 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Maio 22, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Licenciamento para a construção da maior Central Fotovoltaica do país deu entrada no Município de Castelo de Vide

Foto: António Pita - Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide

De acordo com uma publicação do Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide, António Pita, na sua página de Facebook, “um projeto para a construção de uma obra verdadeiramente gigantesca, projetada em propriedades de Castelo de Vide e num outro concelho vizinho, deu recentemente entrada nos nossos serviços municipais”

Segundo o edil, trata-se de uma central fotovoltaica projetada numa área de 400 hectares (uma dimensão aproximada a 400 campos de futebol), com capacidade de armazenamento de energia e com um investimento superior a 120 milhões de euros. Em caso de aprovação, passará a ser a maior central do país, com mais de 700 000 painéis a produzirem energia suficiente para cerca de 160 000 habitações.

A construção desta central, batizada com o nome do navegador português Diogo Cão, terá uma duração prevista em cerca de um ano e obrigará à construção de linha exclusiva de alta tensão de ligação à REN.

Fruto da sua dimensão, o funcionamento irá obrigar a vários postos de trabalho permanentes, desde a mão de obra especializada ao nível superior e operacional, às equipas de segurança, vigilância e manutenção, comportará também outros serviços de limpeza e controlo de vegetação.

O licenciamento passa pelo crivo de várias entidades da Administração Central, Regional e Local, sendo que já foram efetuados contatos ao mais alto nível da tutela do setor energético nacional.

Da reunião ocorrida para analisar o projeto com o interlocutor da empresa promotora deste investimento externo, resultou o compromisso que, caso a central receba despacho favorável, o concelho poderá vir ainda a beneficiar de um financiamento significativo para uma obra social.

Assim, e porque para além destes benefícios financeiros e de outras vantagens óbvias que resultarão da valorização de terrenos agrícolas de baixa produtividade, Castelo de Vide poderá contribuir ainda mais para a sustentabilidade do Planeta, através da produção de energia limpa, associando-se assim ao desígnio nacional das metas para a descarbonização.

“Estamos fortemente empenhados em apoiar este projeto, o qual pela sua localização e impacte não interfere com áreas sensíveis do ponto de vista ambiental ou turístico, nem compromete o valor da paisagem”, refere o autarca.

Populares