15.4 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

 Manuel de Lemos: “A marca Misericórdia continuará a servir os mais vulneráveis com dedicação e responsabilidade”. Entrevista RC

 A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) realizou esta quarta-feira em Fátima a Assembleia-Geral para a eleição dos órgãos sociais para o quadriénio 2024/2027. No total, votaram 334 de 387 Misericórdias, no ato eleitoral mais participado de sempre e que, pela primeira vez em vinte anos, contou com duas listas.

O Dr. Manuel de Lemos foi reeleito Presidente da União das Misericórdias Portuguesas, após o anúncio no local, o Presidente reeleito prestou as primeiras declarações a Rádio Campanário que refletiram um misto de gratidão e responsabilidade.

Questionado sobre este resultado que levou à sua reeleição pela quinta vez, o Dr. Manuel de Lemos sublinhou (…) este resultado espelha a resiliência e a importância das Misericórdias em Portugal, são uma força inabalável e comprometida em continuar a prestar assistência aos mais necessitados, sejam eles idosos, crianças em situações vulneráveis ou indivíduos que requerem cuidados especiais.

O Presidente reeleito Manuel de Lemos salientou a profunda gratidão aos colaboradores da União das Misericórdias e àqueles que se uniram à sua lista, reconhecendo a importância do trabalho em equipa. Além disso, demonstrou respeito pelos opositores neste processo eleitoral. Reconheceu, que a pluralidade de ideias é saudável para o processo democrático e salientou que ambas as listas desempenharam um papel importante na eleição.

Manuel de Lemos destacou ainda, a questão do envelhecimento, afirmando “que há muito tempo alertava para o desafio representado pelo envelhecimento da população e a importância de encontrar soluções inovadoras. Realçou a importância da cooperação com o governo português para enfrentar este desafio.

Concluiu; enaltecendo a poderosa marca “Misericórdia” e a relevância da colaboração contínua entre as Misericórdias para enfrentar os desafios e continuar a servir a sociedade com responsabilidade e dedicação.

Recorde-se que:, Dr. Manuel de Lemos foi reeleito presidente da União das Misericórdias Portuguesas (UMP), assegurou hoje o seu quinto e último mandato, com a maior participação de sempre da história das Misericórdias.

Populares