18.7 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Maio 30, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Municípios do Alentejo Central contratualizam mais de 860.000 € para a implementação de projetos de desvio e recolha seletiva de biorresíduos

Segundo comunicado enviado pela CIMAC à Rádio Campanário, a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), através do programa RecolhaBio, financiado pelo Fundo Ambiental, contratualizou com os 14 municípios do Alentejo Central um apoio global de 864.859,76€ para a implementação de projetos municipais destinados à recolha seletiva de biorresíduos e à redução do seu depósito em aterro.

Os projetos financiados são bastante diversificados, abrangendo, para além da recolha seletiva, a compostagem comunitária e doméstica, projetos de monitorização, obtenção de informação de apoio à gestão de biorresíduos assim como diversas atividades e iniciativas de sensibilização e de capacitação nesta área. Os biorresíduos (resíduos verdes e alimentares) representam em média 37% do nosso “lixo comum”. Quando são depositados em aterro, entram num processo de decomposição que conduz à libertação de gases de efeito estufa e outras substâncias nocivas ao meio ambiente. Contudo, quando são recolhidos seletivamente e encaminhados para tratamento e valorização, podem ter utilizações benéficas a nível ambiental e económico, de que são exemplo a produção de composto orgânico e de biogás.

Estima-se que estes projetos permitam desviar de aterro mais de 2000 t/ano de biorresíduos.

Populares