32.6 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Odisseia Nacional do D. Maria II passa último trimestre do ano no Alentejo

A Odisseia Nacional do D. Maria II está a percorrer o país desde janeiro, altura em que o Teatro encerrou para obras. Depois do Norte, Centro e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, o ano conclui-se a Sul, com programação no Alentejo e no Algarve entre outubro e dezembro.

Em janeiro deste ano, o Teatro Nacional D. Maria II encerrou as suas portas, para obras de requalificação, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência. Com o edifício do Rossio encerrado por mais de um ano, o Teatro encontra-se a viver uma verdadeira Odisseia Nacional. Um projeto composto por centenas de propostas, desenvolvidas em parceria com 93 concelhos de todas as regiões de Portugal continental e ilhas. Depois de ter passado pelas regiões Norte e Centro do país, no primeiro e segundo trimestre do ano, respetivamente, pelo Açores em julho e pela Madeira em setembro, o Teatro chega agora ao Sul do país, com uma programação que se desenrola em 24 concelhos do Alentejo e do Algarve, entre outubro e dezembro.

A programação da Odisseia Nacional a Sul, arranca já no final deste mês, com a apresentação pública do projeto de participação Penélope (a 29 de setembro e 1 de outubro), que está a ser desenvolvido pela estrutura UMCOLETIVO, em Mértola. Ao mesmo tempo, inaugura em Évora a exposição Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país, com curadoria de Tiago Bartolomeu Costa. Depois de ter passado por Águeda, Caldas da Rainha, Viseu, Ribeira Grande e Funchal, esta exposição desenvolvida pelo D. Maria II em parceria com a Comissão Comemorativa dos 50 anos do 25 de Abril e o Museu Nacional do Teatro e da Dança, chega agora a Évora, onde estará patente na Galeria de Exposições da Casa de Burgos e na Biblioteca Pública de Évora, entre 30 de setembro e 21 de outubro.

A partir de materiais documentais – figurinos e trajes, fotografias, registos sonoros e audiovisuais, programas, objetos de cena, imprensa –, a exposição Quem és tu? produz um comentário crítico à história social e política que o país construiu, partindo da história do Teatro Nacional D. Maria II e da Companhia Rey Colaço-Robles Monteiro, desde a ditadura do Estado Novo até à atualidade. Depois de Évora, poderá ainda ser visitada em Sines, de 28 de outubro a 18 de novembro, e em Faro, de 24 de novembro a 16 de dezembro.

Ao longo de três meses, o Alentejo e o Algarve serão palco para a apresentação de 9 espetáculos (4 deles, em estreia nacional), 11 projetos de participação, desenvolvidos com as comunidades de 16 concelhos, espetáculos para escolas, laboratórios teatrais e atividades para todos os níveis de ensino.

Fonte: Comunidade Cultura e Arte

Populares