3.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Março 1, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“Os Municípios do Alentejo devem envolver-se na dinamização da Ferrovia, estratégica para a região” diz Vice-Presidente da CCDR Alentejo(c/som)

Arrancou hoje em Évora, no auditório da CCDR Alentjo, a IV edição do Energy and Climate Summit, dedicada ao tema da Mobilidade e do Transporte Ferroviário.

O evento é organizado pelo Projeto GUARDIÕES – uma parceria entre o Instituto Politécnico de Portalegre (IPP), o Fórum da Energia e Clima (FEC) e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA) .

Aníbal Costa Reis, Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, foi o anfitrião do início deste Fórum onde especialistas e responsáveis do setor da mobilidade, governantes e autarcas vão debater a estratégia da mobilidade e do transporte ferroviário no âmbito da transição digital, ambiental e energética, entre outros.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com o Vice-Presidente da CCDR Alentejo que começou por nos referir “este é um evento de grande relevância até pelas personalidades e individualidades presentes, um evento de grande importância para a Região até porque como sabemos o Alentejo 2030 vai um domínio específico designado por “Alentejo mais conectado” e isso enquadra-se perfeitamente neste evento.”

A CCDR Alentejo é, como refere, “parceira muito ativa deste projeto” que escolheu 4 cidades, considerando-as muito relevantes, e onde Évora se inclui, para realização deste ciclo de conferências, com a primeira a realizar-se em Portalegre, a segunda em Sines, a terceira em Beja, e a quarta em Évora.

Para Aníbal Costa Reis não há dúvidas de que “é muito importante haver um envolvimento de todos os Municípios da região Alentejo nesta iniciativa que coloca a importância da ferrovia e de um setor que queremos dinamizar, e que tem estado esquecido ao longo do tempo.”

O Vice-Presidente adianta ainda que “esta é a altura certa para estes projetos uma vez que temos um novo quadro comunitário e o PRR” sublinhando igualmente “temos projetos de grande importância com a ligação ferroviária de Évora a Elvas e com a eletrificação de Casa Branca a Beja e que levaram demasiado tempo a serem projetados e que vão ter a sua concretização a breve trecho.”

 

 

Populares