16.7 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Abril 17, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Piloto Alentejano António Maio volta a disputar o título na Baja TT Montes Alentejanos!

@RubenColaço

Já começou a contagem decrescente para a Baja TT Montes Alentejanos | ESC Online 2023, prova organizada pelo CPKA – Clube de Promoção de Karting e Automobilismo, que arranca já no próximo dia 24 de fevereiro em Beja.

A Baja TT Montes Alentejanos | ESC Online será a primeira jornada desta temporada de 2023 do Todo-o-Terreno Nacional e terá novamente o Parque de Feiras e Exposições de Beja como o quartel-general da prova. A competição terá início na quinta-feira, dia 23 com  a realização  de um Shakedown nos arredores de Beja, bem como como o início das verificações facultativas a partir das 18 horas.

No dia 24, a partir das 7 horas, continuam as verificações documentais e técnicas, seguindo-se o prólogo de 7,26 km e ainda nessa noite será realizada a cerimónia de partida que contará com um desfile de apresentação dos participantes. No sábado os pilotos terão pela frente o primeiro setor seletivo (1ª etapa) de 145,50 km que se repetirá no dia de domingo (2ª etapa). No total serão 370 quilómetros dos quais quase 300 serão disputados ao cronómetro.

À semelhança das edições anteriores, o painel de pilotos inscritos é muito diversificado e com uma qualidade e quantidade de máquinas nunca vista, confirmando que é em Portugal que se realiza o melhor campeonato nacional de todo-o-terreno a nível mundial. Com o número de participantes a aproximar-se dos 200 inscritos fica assegurada uma excelente competição em todas categorias.

Nos autos destaque para as duas Toyota T1+ de Lourenço Rosa e João Ramos. Tiago Reis em Toyota Hilux, Bruno Oliveira, Nuno Madeira e Lino Carapeta em Ford Ranger, serão alguns dos principais pilotos T1 a que se juntam o checo Petr Hozák no Mini da CaTTiva que terá também a competir Henrique Silva em Mercedes.

Nos T3 a competição apresenta-se muito animada tendo em Armindo Araújo a grande novidade. Inscrito pela Santag Racing será colega de equipa do Campeão João Dias e terá ainda como principais adversários Pedro Carvalho e Alexandre Pinto todos em Can-Am, enquanto no Overdrive OT3 correrá Luís Portela Morais, todos eles concorrentes capazes de lutar pelas posições dianteiras da corrida. De referir ainda o regresso às competições do ex-campeão Rui  Sousa que vai pilotar a Isuzu DMax T2.

Nos SSV o campeão Gonçalo Guerreiro mudou de marca e está apostado em defender o título com um Polaris oficial preparado e assistido pela JB Racing contra a armada Can-Am, que apresenta em Beja todos os restantes vencedores de provas do ano passado: Nelson Caxias, Roberto Borrego e João Monteiro. A estes fortíssimos concorrentes juntam- se Pedro Santinho Mendes, Luís Cidade, Hélder Rodrigues, Herlander Araújo e Wilson Galo, tudo pilotos que já demonstraram no passado serem capazes de lutar por vitórias.

A Baja TT Montes Alentejanos regista ainda a participação do consagrado Rui Madeira, sempre acompanhado pelo carismático Nuno Rodrigues da Silva e o regresso às competições de Nuno Inocêncio um piloto com provas dadas no TT Auto. Outros nomes a considerar são os de Marco Pereira, Paulo Rodrigues, Arnaldo Monteiro, Avelino Luís e Pedro Ferreira, todos em CanAm e Tiago Guerreiro num Polaris.

Nas duas rodas, depois de mais um título de António Maio em 2022, é de prever uma animada luta pelo título. Martim Ventura em Yamaha, Micael Simão em GasGas, Gustavo Gaudêncio em Honda, Daniel Jordão e Miguel Castro em Husqvarna são nomes a considerar para a disputa dos primeiros lugares. David Megre de Kawasaki, depois de 20 anos em KTM, é uma das novidades da temporada a que se junta Fábio Magalhães em Honda, mas a disputar a Classe TT3, João Duarte de Honda na Classe TT1 e Tomás Dias de Fantic na Classe TT3. Outros nomes a considerar são os dos irmãos Gonçalo e Salvado Amaral ambos em Honda o primeiro na Classe TT2 e o irmão mais velho na Classe TT1, Bernardo Megre numa KTM TT1, Arcélio Couto em Honda, mas a disputar a Classe TT3.

Tal como nos SSV também nos Quad o campeão mudou de marca e vai competir com Can-Am Renegade XXC e é grande a expectativa para se perceber o que poderá fazer João Vale com a sua nova moto contra as competentíssimas Yamaha que nos últimos anos têm dominado nesta disciplina. A resposta será dada, entre outros, pelos três pilotos que secundaram o campeão nacional em 2022: Fernando Cardoso, Luís Fernandes e o jovem Rafael Carvalho. Outra novidade prende-se com a estreia no CNTT do jovem Rodrigo Alves campeão da Mini Baja. Outros nomes a considerar são os de Fábio Ferreira de ATVRacing e Daniel Santos em Yamaha.

Populares