19.7 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Abril 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Plano Municipal para a integração de migrantes de Beja promoveu seminário

O Plano Municipal para a Integração de Migrantes de Beja realizou no passado dia 16 de dezembro de 2021, um seminário na Biblioteca Municipal José Saramago, subordinado ao tema “Migração – Impacto Socioeconómico no Concelho de Beja”, no âmbito da celebração do Dia Internacional dos Migrantes, assinalado a 18 de dezembro, data adotada pela ONU desde 1990.

Segundo a Câmara Municipal de Beja, demonstrar o impacto que a migração tem no crescimento e desenvolvimento social e económico do concelho foi o objetivo deste Seminário que apresentou 3 perspetivas distintas sobre a Migração no concelho.

Assim, a perspetiva social foi apresentada pela Dra. Lélia Pancada, em representação do Instituto da Segurança Social I.P. Beja, a perspetiva económica apresentada pelo Diretor Executivo da Olivum, Eng. Gonçalo Almeida Simões e ainda a experiência no processo de integração, apresentada pelo migrante Romilson Almeida, que exerce funções num conhecido estabelecimento comercial da cidade e paralelamente desempenha o cargo de membro da Direção da Cáritas Diocesana de Beja.

A abertura da sessão contou com a presença de Paulo Arsénio, Presidente da Câmara Municipal de Beja e foi moderada pelo técnico do Plano Municipal para a Integração de Migrantes, Dr. Jailson Veiga. O seminário revelou-se de extrema importância enquanto espaço de reflexão, de partilha de dados e oportunidades geradas pelo impacto da migração no Concelho, contando com a participação de técnicos e entidades que, direta ou indiretamente, intervêm na área.

Os participantes puderam ainda conhecer uma exposição de confeções de roupa e bijuteria africana, da artista cabo-verdiana Cândida Martins, criadora da Kryolarte, projeto que surgiu em 2019 com o objetivo de apoiar a comunidade africana. 

Recorde-se que o Plano Municipal para a Integração de Migrantes de Beja é um projeto da Câmara Municipal de Beja, co-financiado pelo FAMI (Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração) e promovido pelo ACM (Alto Comissariado para as Migrações).

Populares