9.8 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Junho 14, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Planos de eficiência hídrica do Alentejo com medidas “em particular atenção” do sector agrícola

O Orçamento de Estado para 2022 foi entregue ontem ao final da noite para aprovação. Neste âmbito, o Governo dará continuidade aos investimentos na eficiência hídrica do Alentejo. “A valorização da rede hidrográfica constitui um eixo essencial na recuperação das condições de escoamento das linhas de água e de qualidade das massas de água”, pode ler-se no Relatório do Orçamento do Estado para 2022.

Acrescenta ainda que, “dando continuidade às iniciativas bem sucedidas nos últimos anos deste tipo de acção, até final de 2023, serão promovidos cerca de 30 projectos de reabilitação e valorização fluvial, numa extensão de linhas de águas a beneficiar de cerca de 150 km, em aproximadamente 50 massas de água com estado de qualidade inferior a bom”.

O documento salienta que “atendendo ao potencial de incremento de eficiência noutros usos da água, será ainda dada particular atenção aos sectores da agricultura e do turismo. Em particular, na sequência do desenvolvimento dos planos regionais de eficiência hídrica do Alentejo e do Algarve, prevê-se a implementação de um conjunto significativo de medidas, que possa, por um lado, mitigar boa parte dos problemas de escassez de água destas regiões e, por outro, assegurar a retoma económica de forma sustentável, bastante assolada pela perda de receitas do turismo durante os anos de 2020 e 2021”.

Segundo o Governo, há ainda o objetivo de fomentar “uma maior circularidade de um recurso crescentemente escasso, favorecendo uma maior segurança na sua disponibilidade e minimizando as consequências antecipadas por influência das alterações climáticas, dando seguimento à Estratégia Nacional para a Reutilização de Águas Residuais”.

Fonte: Agricultura e Mar

Populares