34.3 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Maio 29, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020) “é pior que o quadro anterior”, mas ainda assim “é uma medida interessante”, diz presidente da AJAP, Ricardo Brito Pais (c/som)

O presidente da Associação de Jovens Agricultores de Portugal (AJAP), Ricardo Brito Pais, considera que a medida de apoio aos jovens agricultores no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020) “é pior que o quadro anterior”, mas ainda assim “é uma medida interessante”.

Em declarações à Rádio Campanário, o dirigente associativo refere que “as medidas dos jovens agricultores diferem das outras medidas de apoio e essencialmente por um prémio que existe de instalação que é atribuído consoante o nível de investimento que o jovem tem, é isso que torna a medida apelativa face aos outros investimentos”.

Ricardo Brito Pais diz que “é nesse entendimento que se vê que não deixa de ser uma medida interessante, é apelativo ter um prémio associado ao investimento, mas se olharmos ao nível de apoios que um jovem vai receber neste momento, são inferiores aqueles que se recebiam no passado e nesse sentido, a medida fica muito aquém”.

Brito Pais salienta que “cada vez há mais jovens a virem para a agricultura e cada vez há mais dinâmica, mas não chega a 3% o número de jovens na agricultura, os que entram podem ser muitos mas ainda são poucos, não conseguem contrabalançar com os que saem”.

A medida de apoio aos jovens agricultores no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 vai permitir aos jovens agricultores, cada vez em maior número, terem acesso aos fundos comunitários que vão ajudar a sua instalação e o desenvolvimento dos seus projetos, contribuindo ainda para contrariar a tendência de envelhecimento e de perda do tecido social e agrícola.

    

Populares