8.2 C
Vila Viçosa
Segunda-feira, Maio 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“Quero dar graças a Deus por permitir-me estar aqui e ganhar esta Volta” ao Alentejo, referiu Orluis Aular

A Venezuela ‘estreou-se’ hoje no palmarés da Volta ao Alentejo em bicicleta, depois de Orluis Aular (Caja Rural) ter confirmado o triunfo na 39.ª edição, ao ser quarto na última etapa, vencida pelo espanhol Juan José Lobato (Euskaltel-Euskadi).

Esperava-se muito da quinta tirada, mas esta limitou-se a confirmar aquilo que o contrarrelógio de Castelo de Vide delineou: Orluis Aular voltou a demonstrar ser o homem mais forte desta ‘Alentejana’ – venceu duas etapas, foi segundo numa e terceiro noutra -, e levou a amarela para casa, mantendo as diferenças para Xabier Azparren (Euskaltel-Euskadi), segundo a 05 segundos, e José Neves (W52-FC Porto), terceiro a 24.

Após esta vitória, Orluis Aular referiu: “Estou muito contente. Quero, em primeiro lugar, dar graças a Deus por permitir-me estar aqui e ganhar esta Volta. Foi uma corrida que preparei muito bem e que me correu muito bem.

Obrigada à equipa, que fez um grande trabalho nestes cinco dias. Quero agradecer aos meus colegas, ao ‘staff’, que também esteve fenomenal.

Quero dedicar este triunfo à minha mãe, à minha namorada e a todos aqueles que me apoiam.

Vinha muito bem de forma, porque preparei bem esta prova, porque de seguida tenho a Volta ao País Basco. Vim para aqui, senti-me muito bem e estou satisfeito.

Agora, vou descansar uns dias, porque tenho a Volta ao País Basco dentro de 15 dias. Vejo que estou em forma.

[Ausência da Caja Rural da Volta a Espanha] É uma pena, porque este ano era um dos objetivos, tanto pessoal como da equipa, mas há que seguir em frente, procurar mais provas no calendário.

A ideia era demonstrar que podíamos estar na Vuelta.”

Populares