12.6 C
Vila Viçosa
Domingo, Fevereiro 25, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Romaria da Senhora da Boa Nova retoma tradição dos anos 60 “com duas bandas filarmónicas na procissão” diz Juiz da Confraria(c/som)

Nossa Senhora da Boa Nova, Padroeira da Vila de Terena, no concelho de Alandroal, reúne todos os anos nesta freguesia milhares de pessoas, por ocasião das tradicionais festas em sua honra.

Com um Santuário implementado neste território, reconhecido como Monumento de Interesse Nacional, muitos são os fiéis e devotos que se deslocam ao Santuário da Senhora da Boa Nova, numa manifestação de fé para com a Senhora da Boa Nova.

A Romaria, secular, realiza-se anualmente e tem como ponto alto a chamada procissão do encontro.

A edição deste ano já está a ser preparada há muitos meses, tal como adiantou à Rádio Campanário, Nuno Pereira, Juiz da Confraria.

Entre os dias 5 e 9 de abril todos os caminhos vão dar a Terena para, mais um ano, se realizar esta imponente celebração, cuja organização já está a ser preparada pela Confraria, com a colaboração do Município de Alandroal e da Junda Senhora da Boa Novata de Freguesia de Terena.

Para a edição deste ano, Nuno Pereira garante que “não se vai afastar muito daquilo que tem sido feito nos últimos anos , até porque o que caracteriza esta romaria é aquilo que é tradicional e faz dela uma romaria única.”

O Juiz da Confraria da Senhora da Boa Nova garante que, ao longo dos anos, tem sido feito um esforço “para preservar o legado deixado pelos antepassados, nomeadamente os ícones mais antigos que acontecem em torno desta Romaria.”

A Romaria da Senhora da Boa Nova, em Terena, reveste-se de séculos de história , reforçando a importância da sua preservação e salvaguarda.

Para este ano de 2024, há no entanto uma novidade. É que a Confraria pretende retomar uma das características da Festa nos Anos 60- a Romaria contava sempre com duas Bandas Filarmónicas-características que se perdeu no tempo e que segundo nos adiantou o Juiz da Confraria “vai ser retomada este ano, pelo menos num dos dias da Festa”.

Nuno Pereira sublinha “queremos devolver essa dignidade dos anos 60, ter duas bandas filarmónicas a acompanhar as procissões da nossa romaria.”

Esta tradicional romaria vai também voltar a contar com o apoio da Delta Cafés, parceria esta que a Confraria muito agradece, pelo facto de “esta grande empresa estar sempre de mãos dadas com a Senhora da Boa Nova.”

O Santuário da Senhora da Boa Nova, aberto durante todo o ano , é visitado durante todo o ano por muitas pessoas que fazem questão de ali se deslocarem para manifestar a sua fé e devoção mas é por ocasião das suas tradicionais Festas que atinge o seu esplendor com milhares de pessoas para “saudar”, “pedir” ou simplesmente “agradecer” a Nossa Senhora da Boa Nova.

Populares