Sousel

“Continuamos a apostar no turismo para enriquecer o concelho e as pessoas que ali vivem”, diz Presidente da CM de Sousel(com som e fotos)

Entrevistas 29 Set. 2020

O Governo Português lançou o Programa Revive Ferrovia, que vai permitir as primeiras 30 concessões no Norte e no Alentejo.

Este programa, é uma extensão do programa Revive, destinado a concessionar património público a privados com fins turísticos, mediante concurso público.

Esta terça-feira, procedeu à oficialização do Programa, com o objetivo de dar nova vida a estações de comboios que estão desativadas, em todo o país.

Nesta fase inicial, há 30 antigas estações ferroviárias, no Norte e no Alentejo, que se perfilam para ser alvo de concessões no âmbito do programa Revive Ferrovia. O protocolo, para a parceria público-privada foi celebrado na estação de Sousel, que integra o ramal de Portalegre, desativada desde 1990, e é uma das primeiras a ser concessionada.

O Presidente da Câmara Municipal de Sousel, Manuel Valério, em entrevista à Rádio Campanário, disse ”ser extremamente importante recuperar o património que é de todos e colocá-lo à disposição também de todos.”

No que diz respeito à mais valia que este projeto pode trazer para o concelho, Manuel Valério destacou a “criação de riqueza e a criação de postos de trabalho” destacando ainda que, logo que seja lançado o respetivo concurso público, será feita uma avaliação, pelas entidades competentes, para definir a área correspondente.”

O programa Revive Ferrovia resulta do acordo de cooperação entre a Turismo Fundos, em representação do Fundo Revive Natureza, e a IP Património - Administração e Gestão Imobiliária, S.A.. Nesta extensão do Fundo Revive Natureza, a Secretaria de Estado do Turismo põe a tónica na "valorização de imóveis públicos devolutos inseridos em património natural", permitindo dar-lhes "novas utilizações, que beneficiem as comunidades locais, atraiam novos visitantes e fixem novos residentes".

No que diz respeito ao Programa Valorizar,que apoia investimentos ligados à criação de redes de auto caravanismo, turismo literário, turismo náutico, enoturismo e outros projetos de valorização de recursos endógenos, o Município de Sousel apresentou também uma candidatura através de um Projeto relacionado com a Rede de Turismo Literário, cujo protocolo foi também hoje assinado.

O autarca explicou à nossa reportagem que, a opção do Município de Sousel em apresentar um Projetos relacionados com a Rede de Turismo Literário prende-se sobretudo” com a riqueza existente no concelho em termos de literatura., uma vez que temos vários escritores .”

Manuel Valério adiantou ainda que o Município de Sousel continua a apostar no turismo e que, para além destes dois protocolos hoje assinados, o Município apresentou ainda uma candidatura, no âmbito do programa Valorizar do Interior, para a requalificação de 16kms na criação de uma ecopista.

Continuamos a apostar no turismo para enriquecer o concelho e as pessoas que ali vivem”, concluiu.

O Programa Valorizar visa apoiar o desenvolvimento de projetos turísticos que promovam a valorização turística dos territórios, com incidência nos de mais baixa densidade, e que contribuam, em linha com a Estratégia Turismo 2027, para alargar o turismo a todo o território nacional, ao longo do ano.

 

 


 

 


 


 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31