"Continuamos a lutar para manter vivo o Bairrense e a memória do seu fundador", diz João Rodrigues(Com Som)

Entrevistas 27 Jul. 2020

O Grupo Desportivo Bairrense é uma das mais antigas Associações Desportivas, Recreativas e e Culturais do Concelho de Vila Viçosa.

Fundada no ano de 1983, viu toda a sua estrutura abalada pelo falecimento súbito do seu Fundador João Manuel Barradas Rodrigues, no início do ano de 2019. Ainda assim, perante este fato, a Associação luta pela continuação da sua atividade.

Esta associação, inscrita no RNAJ - Registo Nacional do associativismo Jovem, derivado à sua composição ser constituida essencialmente por jovens, é atuamente presida por Cláudia Véstias, uma jovem calipolense que, com a ajuda de uma equipa de outros jovens, têm tentado desenvolver algumas atividades na área dos jogos tradicionais assim como na remodelação da própria sede social da Associação, situada na rua Alferes Marcelino em Vila Viçosa.

João Rodriogues, filho do fundador da Associação Grupo Desportivo Bairrense e também membro da própria, disse à Rádio Campanário que " estamos a trabalhar no sentido de aumentar os apoios que a Associação recebe porque estes nunca são suficientes, com a possibilidade de projetar novas atividades no ano de 2021, nomeadamente na seção dos jogos tradicionais."

Relativamente à situação financeira da Associação, João rodrigues disse à nossa reportagem que " para este ano as contas estão estabilizadas, no entanto para o ano que vem não se sabe uma vez que a situação de pandemia que o país atravessa, afeta a todos."

Considerando tratar-se de uma associação juvenil, composta maioritáriamente por jovens, segundo indica " esta Associação nunca viveu do pagamento das quotas dos seus sócios, pois sócios pagantes são muito poucos, no entanto a Associação não se encontra em risco por este motivo uma vez que a sobrevivência da Associação sempre foram os subsidios de algumas entidades, nomeadamente da Câmara Municipal de Vila Viçosa e do Instituto Português da Juventude."

Questionado se as difiuculdades em dar continuidade a este projeto depois da morte do seu fundador, João Rodrigues afirmou " ter sido muito complicado no início essencialmente porque o Presidente da Associação tinha muitos conhecimentos que nós não temos no entanto já demos a volta a isso e estamos emprenhados em que tudo corra pelo melhor, sempre com o objetivo de manter viva a memória do seu fundador."

 


 


 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31