11 Ago. 2020
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Vila Vicosa

"Mostrar a coleção de arqueologia dá-nos esperança que a arqueologia comece a ter outro peso", diz Maria de Jesus Monge(Com som e Fotos)

Entrevistas 30 Jul. 2020

Foi hoje inaugurada , no Castelo de Vila Viçosa, a exposição “Arqueologia nos novos caminhos da água”, que conta com a colaboração do Museu-Biblioteca da Fundação da Casa de Bragança, da EDIA e do Museu da Luz.

A exposição contém peças cedidas pela EDIA e que foram encontradas nas intervenções arqueológicas levadas a cabo no âmbito do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, aquando da sua construção.

Maria de Jesus Monge, diretora do Museu-Biblioteca da Fundação da Casa de Bragança,em entrevista à Rádio Campanário  congratulou-se  com a inauguração desta exposição  o que significa que lentamente, as portas se abrem e estamos a voltar à normalidade".

A diretora do Museu-Biblioteca da Fundação da Casa de Bragança enalteceu ainda o fato de " ser possível o lançamento do 3º volume do livro Arqueologia 3.0- " Resgatar memórias"- Sítios, territórios e comunidades , que permite aprofundar o conhecimento das coleções já existentes."

Maria de Jesus Monge valorizou ainda "as parcerias estabelecidas com a Edia e com a Universidade de Évora, através das quais é possível abrir portas e fomentar o conhecimento à comunidade em geral, e em particular à comunidade científica".

Termina dizendo que "o fato de podermos trazer até nós um conjunto de arqueólogos e de mostrar a coleção de arqueologia existente no museu-biblioteca da Fundação da Casa de Bragança, dá-nos esperança que a arqueologia comece a ter outro peso na percepção dos calipolenses, da sua importância a nivel nacional e internacional"

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31