23 Jun. 2021
Nuno Rocha
Ponto de Contacto
11:00-13:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Almodovar

Projeto Brisa: ''é uma modernização com um impacto muito especial'', diz o Secretário de Estado na inauguração de hoje (c/som)

Entrevistas 21 Abr. 2021

A Brisa, a IONITY e a Cepsa inauguraram hoje a rede de carregamento elétrico Via Verde Electric com os primeiros quatro postos de carregamento elétrico ultrarrápido instalados numa autoestrada nacional, que já estão em funcionamento, e a Rádio Campanário esteve presente. 

A partir de hoje, os condutores já podem utilizar estes postos de carregamento ultrarrápido, com uma potência de 350 kW, instalados nas áreas de serviço de Almodôvar, no quilómetro 193 da A2, nos sentidos Algarve-Lisboa e Lisboa-Algarve.

‘’Sendo a área dos transportes uma área bastante abrangente, dentro dela há a rodovia, aquela que de facto é convocada para hoje’’, afirma o Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, responsável pela área dos transportes em termos gerais, partilhada com o Ministério do Ambiente.

‘’A pandemia fez com que a utilização de um conjunto de matérias descartáveis tivesse aumentado de forma exponencial, e, portanto, a nossa preocupação pelo ambiente, em vez de diminuir, tem, muito pelo contrário, que aumentar’’, sublinha o Secretário.

‘’Até 2050, somos obrigados a atingir a neutralidade do carbono’’, refere Jorge Delgado, indicando que o Estado tem vindo a assumir essa responsabilidade de forma natural. Sendo que os transportes têm um grande impacto na emissão de gases de estufa ‘’temos essa responsabilidade para minimizar esses efeitos’’, realça. Contudo, relembra que ‘’o esforço para contrariar esses efeitos é um esforço de todos’’.

A fim de contribuir para a redução dos impactos climáticos, Jorge Delgado afirma que a área ferroviária tem sido uma grande aposta neste programa, como por exemplo o investimento de 2 mil milhões de euros que, em grande parte, são para a eletrificação das linhas ferroviárias.

Jorge Delgado explica que se fala mais de ferrovia, uma vez que, quanto à rodovia, ‘’temos uma rede de estradas e autoestradas, que em particular, é digna de respeito e de reconhecimento por todos’’.  

‘’As estradas têm, de facto, elevada qualidade (…) são um fator muito importante no desenvolvimento económico do país’’, destaca.

‘’Mas hoje, as estradas são muito mais. Nós temos em Portugal, felizmente, participado de forma muito ativa em projetos que estão no caminho de uma nova perspetiva’’, diz o Secretário, dando como exemplo a Via da Mobilidade Elétrica.

‘’Desde 2015 criámos a Mobi.E., e esta rede de carregamento de veículos elétricos caracteriza-se por ter acesso universal’’, informa. Com mais de 1600 postos de carregamento no país, Jorge Delgado explica que ‘’aquilo que estamos a fazer hoje, é, no fundo, a continuidade desse processo’’.

‘’Sabemos que nas autoestradas temos um número considerado de postos de carregamento elétrico’’ e, portanto, ‘’há um trabalho que é preciso melhorar’’. Segundo o Secretário, isso é umas das razões que faz com que as pessoas não optem tão facilmente por um carro elétrico, devido a ‘’ansiedade elétrica’’: ‘’se vamos ser capazes de fazer a nossa viagem integral na autoestrada e ter quando precisar um ponto de acesso ao carregamento elétrico’’, afirma.

Há um conjunto de ações e de postos que têm vindo a ser instalados, mas, de facto, ‘’não tinha havido até hoje um projeto tão colaborativo como este que a Brisa nos traz aqui’’ e que ‘’é uma modernização com um impacto muito especial’’, sublinha Jorge Delgado.  

A inauguração destes postos de carregamento elétrico ultrarrápido marca o início da parceria estabelecida entre a Brisa, a IONITY e a Cepsa, empresas líderes na mobilidade sustentável, no Via Verde Electric, que é suportada em tecnologias que contribuem para a descarbonização rodoviária e torna possíveis as viagens de longa distância nas autoestradas da Brisa com um carro elétrico.

Até ao verão de 2021 será possível atravessar Portugal, de norte a sul, sem emissões de carbono com a rede Via Verde Electric, que vai contar com 82 postos de carregamento elétrico em 40 áreas de serviço, com soluções de carga rápida (de 50 kW) e ultrarrápida (de 150 kW a 350 kW).

A cerimónia de inauguração do Via Electric contou com a presença do Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, do presidente da comissão executiva da Brisa, António Pires de Lima, do CEO da Brisa Concessão Rodoviária, Manuel Melo Ramos, do country manager para Portugal e Espanha da IONITY, Allard Sellmeijer e do CEO da Cepsa Portugal, José Aramburu.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30