Alentejo

“A seca é uma preocupação” e “por mais Alquevas que tenhamos, a água será sempre um bem escasso”, diz secretário de Estado (c/som)

Regional 02 Abr. 2019

Portugal encontrava-se em março em situação de seca meteorológica, sendo que a região Alentejo registava uma situação de seca moderada. O terceiro mês do ano foi classificado pelo IPMA (Instituto Português do Mar e da Atmosfera), como quente em relação à temperatura do ar e muito seco quanto à precipitação.

Em declarações à Campanário, Miguel João Freitas, secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural defende um acompanhamento da seca “para as medidas irem saindo à medida das necessidades”, estando já a ser lançadas algumas “para poder fazer face” à situação atual.

“Estamos preocupados com a situação de seca que assola Portugal, muito particularmente a zona sul do país”, declara o governante, acrescentando, contudo que não deve ser criado “alarmismo à volta disto”, considerando que a situação ainda se encontra longe de registos em anos anteriores.

“A seca é mais uma vez uma preocupação para o país”
Miguel João Freitas

 

O secretário de Estado aponta que as alterações climáticas aumentam a recorrência das situações de seca, que anteriormente eram registadas de 4 em 4 anos. “Temos que perceber que isto não é circunstancial, veio para ficar”, devendo assim haver uma adaptação a esta nova realidade.

Para tal, defende a adoção de novos modelos de agricultura, e aumentar a eficiência no uso dos recursos, nomeadamente com equipamento tecnológico que permita “gastar menos água naquilo que é a nossa capacidade produtiva”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31