Beja

Acordada transferência de meios aéreos do Montijo para Beja

Publicado em Regional 25 outubro, 2018

A Base Aérea de Beja vai acolher parte da frota dos avisões da Força Aérea Portuguesa, segunda acordado entre o Governo e a ANA Aeroportos.

Num plano que terá um custo de 115 milhões de euros, parte da frota dos aviões da Força Aérea portuguesa será mantida no Montijo e a restante será transferida para Beja e Sintra.

Desta forma, a Base Aérea nº11 (Beja) vai receber os C295, dedicados a transporte e carga, assim como os aviões de instrução Epsilon. Para Sintra, serão deslocados os helicópteros EH101, destinados a missões de busca e salvamento, permanecendo na Base Aérea nº6 do Montijo, apenas os helicópteros Lynx da Marinha, que vai ainda acolher os novos aviões KC390, que irão substituir os mais antigos Hércules C130.

Os custos do deslocamento dos aviões irão ser pagos pela ANA, do grupo francês Vinci, restando apenas articular os moldes do pagamento.

Como em julho avançou José Azeredo Lopes, Ministro da Defesa Nacional, em exclusivo à RC, a Força Aérea, “pela alteração do dispositivo que vai resultar da instalação do aeroporto complementar de Lisboa” na base do Montijo, está a aproveitar a “oportunidade para (se) projetar […] para outras instalações militares, como Beja”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30