Alentejo

Alentejo é a região do país com menos camas de internamento por mil habitantes

Publicado em Regional 19 abril, 2018

O Alentejo era, no ano de 2016, a região do país com menos camas de internamento por mil habitantes, segundo dados da edição anual das estatísticas da saúde, agora publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), publicado este mês de Abril.

Segundo o Instituto, a distribuição do número de camas de internamento por mil habitantes revela que a região alentejana apresentava o valor mais baixo do país, com apenas 2,1 camas por mil habitantes.

Por outro lado, este indicador revela valores mais elevados nos Açores (6,2 camas por mil habitantes), na Madeira (7,1 camas por mil habitantes) e Lisboa, com uma média de 4 camas por mil habitantes.

De acordo com o INE, “a lotação praticada pelos hospitais era de 35,3 mil camas (22,4 mil nos hospitais públicos, 11,3 mil nos hospitais privados e 1,7 mil nos hospitais em parceria público-privada), mais 447 camas do que em 2015 (+1,3%)”.

“Do total de camas de internamento nos hospitais públicos, 90,2% eram camas de enfermaria, isto é, pertenciam a estruturas funcionais com um mínimo de 3 camas onde permanecem doentes internados”, pode ler-se na publicação.

No que diz respeito aos hospitais privados, a percentagem de camas de internamento em enfermarias, apesar de maioritária, não atingia 60%.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31