Alentejo

"Assistente pessoal" tecnológico ajuda idosos

"Assistente pessoal" tecnológico ajuda idosos Nuno Veiga/Lusa
Regional 07 Nov. 2019

O dispositivo, para já, serve para "avisar os utilizadores de que têm de tomar a medicação e de que têm consultas médicas", tendo em conta que os idosos "normalmente são pessoas polimedicadas".

Os idosos do Alentejo e da Estremadura espanhola vão dispor de um “assistente pessoal”, através de um pequeno dispositivo tecnológico, para os recordar da medicação a tomar e das consultas agendadas.

“É um protótipo, [mas] estamos a submetê-lo ao Comité Ético para começar a fazer ensaios com idosos fora do laboratório”, revela à agência Lusa José Manuel García Alonso, professor da Universidade da Estremadura, de Badajoz (Espanha).

A primeira fase do projeto termina em dezembro, contou com um financiamento de cerca de 1,2 milhões de euros proveniente da União Europeia, no âmbito do Programa Europeu de Cooperação Transfronteiriça INTERREG VA Espanha-Portugal (POCTEP), estando prevista uma segunda fase que vai prolongar os trabalhos até 2021.

Esta foi uma das soluções desenvolvidas pelo Instituto Internacional de Investigação e Inovação do Envelhecimento (4ie), que envolve as universidades de Évora e da Estremadura e os politécnicos de Portalegre e Beja, além da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo.

De acordo com o coordenador do 4ie, Manuel Lopes, um outro instrumento desenvolvido no âmbito do projeto é uma aplicação para telemóveis inteligentes que permite avaliar o tipo de alimentação de uma determinada pessoa.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31