20 fevereiro, 2019
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Cabeco de Vide

Cabeço de Vide e as sua águas terapêuticas despertam a atenção da NASA

Publicado em Regional 08 fevereiro, 2019

Cabeço de Vide, freguesia do concelho de Fronteira, é frequentemente visitada por investigadores, nacionais e estrangeiros, e pelos seus complexos aparelhos de análise e medição.

As águas captadas na nascente da Ermida, com as suas propriedades terapêuticas, já despertaram a atenção da NASA.

Este interesse prende-se também com o sistema geológico e hidrogeológico, para Carla Rocha (investigadora do IST) “é um sistema raro no mundo, a comunidade científica fica desperta para os processos de interação água-rocha e da atividade microbiana existente nestes ambientes, de pH tão elevado, no caso 11,5”.

Todo este interesse pelos académicos está num processo geoquímico chamado serpentinização, que acontece quando uma rocha magnesiana e ferrosa é convertida em minerais de argila do grupo das serpentinas. Associado ao pH elevado, este processo produz hidrogénio que, por sua vez, pode conduzir à formação de microrganismos, ou seja, gerar vida.

São estas as razões que levam a NASA a estar tão interessada na freguesia de Cabeço de Vide. O investigador do NASA esclarece que o hidrogénio produzido na pequena localidade alentejana, pode suportar microrganismos sem a necessidade de energia solar.

“E isso é empolgante para a NASA, porque achamos que pode haver água líquida sob a superfície seca e empoeirada de Marte e sabemos que há água líquida sob as superfícies geladas das luas de Júpiter (Europa, Ganimedes e Calisto) e também nas luas de Saturno (Encélado e Titã). Se a serpentinização acontece nesses lugares, talvez possamos finalmente encontrar lá vida.”

Steve Vance (NASA)

Cabeço de Vide é considerado “um laboratório natural porque tem um ambiente hifrogeológico e uma interação água- rocha que poderá ser em tudo semelhante à que ocorreu ou que decorreu atualmente no planeta Marte”.

A Rádio Campanário lembra que a água de Cabeço de Vide não está indicada para beber, devido ao seu pH de 11,5 sendo que o limite situa-se nos 9,5. No entanto as suas propriedades terapêuticas – sobretudo associadas aos elevados níveis de enxofre – que resultam da sua interação com a pele e o sistema respiratório, e das quais é possível usufruir nas suas Termas da Sulfúrea, em Cabeço de Vide.

Os Médicos recomendam estas águas essencialmente para doenças crónicas e alérgicas das vias respiratórias superiores e inferiores, como a asma, sobretudo em crianças; patologias osteoarticulares e reumatismais crónicas, como as osteoartroses; e em doenças crónicas ou alérgicas de pele, como a psoríase ou o eczema.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28