Campo Maior

Campo Maior investe 1,5 milhões de euros para transformar edifício militar em museu das Festas do Povo (c/som)

Regional 23 Abr. 2019

“Campo Maior vai ter na Casa do Assento Militar um museu das Festas do Povo”, adiantou à Rádio Campanário o autarca campomaiorense, que explica que é um projeto no valor de “1 milhão e 500 mil euros” que está agora em concurso público.

Segundo o autarca de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, este novo espaço museológico é um projeto a par do trabalho que está a ser realizado nas muralhas e também nos 1600 metros de percurso histórico em património abaluartado, que oferece a “possibilidade de ter dois museus de relativa excelência”, exemplificando com o museu das Festas do Povo de Campo Maior e o Centro de Interpretação da Fortificação de Campo Maior.

Através destes dois projetos enumerados pelo edil, Campo Maior vai permitir a oferta e estadia por mais de um dia e onde as pessoas possam conhecer e viver as experiências desta zona raiana”.

O projeto para este novo espaço museológico tem “aprovada a candidatura para a recuperação da Casa do Assento Militar”, que está contemplado com um financiamento de 85% através de fundos comunitários, explica Ricardo Pinheiro.

Questionado sobre a importância do projeto para a candidatura das Festas do Povo a Património Imaterial, o edil sublinha que “é preciso passar a mensagem a todos aqueles que visitem Campo Maior fora da altura das Festas”, acrescentando que o espaço museólogo “vai ser surpreendente tanto pela tradição como do ponto de vista tecnológico”.

Por outro lado, no que respeita ao edifício que acolherá o museu é “património que deve ser conservado, adaptado às nossas vivências e valorizado em termos de arquitetura e engenharia”, disse o autarca.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29