Alentejo

Ceia da Silva garante que a “articulação existe” e nega “dificuldades” na criação dos Caminhos de Santiago (c/som)

Publicado em Regional 23 maio, 2018

António Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo e Ribatejo, apelou, esta segunda-feira (21 de maio), ao trabalho “em parceria” com as associações de apoio aos peregrinos que percorrem os Caminhos de Santiago.

Questionado pela RC sobre as declarações proferidas esta segunda-feira, na assinatura do protocolo para a criação de uma rede integrada de cycling na região, António Ceia da Silva, nega a existência de “dificuldades” na execução do projeto.

“Não disse que há dificuldades, não disse que o projeto não está a andar, disse que é necessário fazer os projetos em rede, de forma integrada e em equipa”, afirmou o responsável a esta estação emissora, garantindo que “a articulação existe”.

Para o presidente da ERT do Alentejo e Ribatejo é “importante termos um caminho estruturado global, na qual todos se revejam e possa ser feito em parceria com essas associações”, atendendo que é um projeto que envolve muitas associações, “tem que ser feito de uma forma estruturada e articulada”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30