26 Set. 2022
 
3 p’rás 5
15:00-17:00

Estremoz

“Cerca de 40 mil pessoas estiveram na FIAPE, o que é notável para o concelho. O balanço é muito positivo” diz Presidente da CM de Estremoz(c/som)

Regional Escrito por  01 maio 2022

A 34.ª edição da FIAPE - Feira Internacional Agropecuária de Estremoz, em paralelo com a 38.ª edição da Feira de Artesanato de Estremoz, que decorreu no Parque de Feiras e Exposições de Estremoz, chegou este domingo ao fim.

A tarde de hoje foi dedicada ao Alentejo com a atuação de Ranchos Folclóricos e grupos de cantares da região.

A Rádio Campanário acompanhou este certame e hoje, domingo, falou com o Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, José Daniel Sádio, que nos fez um balanço desta edição da FIAPE.

O Presidente da CM de Estremoz começou por dizer que o balanço desta edição “é extremamente positivo e aquilo que me apraz dizer é que é uma sensação de sentir um cansaço mas de extrema felicidade.”

O Autarca acrescentou ainda “penso que o que se conseguiu montar nestes cinco dias em Estremoz foi um grande momento de elevação do nosso concelho, uma grande momento para mostrar ao mundo aquilo que há de melhor em Estremoz, desde as suas gentes aos seus empresários, às empresas, ao nosso gado, foi um momento fantástico.”

José Daniel Sádio voltou a reiterar “que só foi possível fazer este evento porque temos na Câmara uma equipa fantástica de trabalhadores que em tempo recorde conseguiu montar este evento.”

O Autarca sublinha ainda que “neste certame tivemos cerca de 40 mil pessoas o que é notável para o nosso concelho e com uma alteração profunda, como se percebeu, em termos de lógica de FIAPE.”

Para o Edil este novo conceito “também implicou nuances que não estavam planeadas e tudo isso em dois meses foi fantástico, daí este reconhecimento aquilo que os trabalhadores da Câmara fizeram.”

Questionado se contava com tão grande adesão à feira, o EDIL refere “eu sou um  homem de fé e acreditei sempre que todo este trabalho, todo este empenho iria resultar e houve muita coisa que ajudou, desde logo o tempo que ajudou, as pessoas estavam sedentas de voltar a ter um evento e de se libertarem das máscaras.”

No que diz respeito ao novo modelo da feira, José Sádio salientou “ a logica de uma zona de concertos, de uma zona de espetáculos, da zona de exposições onde se podia entrar livremente , tudo isto contribuiu para o sucesso desta edição.”

No que diz respeito à parte de agropecuária também foi um sucesso pois segundo refere “os produtores fizeram negócios”. Já da parte do artesanato, o Presidente de Estremoz refere que os participantes “referiram que foi uma excelente feira.”

“ Há um orgulho tremendo por aquilo que se fez nesta feira” sendo certo que este novo modelo é para continuar e conforme referiu o Autarca “já se está a trabalhar na edição de 2023 pois queremos elevar ainda mais a fasquia sendo que o modelo da separação é para continuar” concluiu o autarca.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30