Cidadão Calipolense alvo de fraude, num valor perto de dois mil euros (c/som)

Regional 06 Fev. 2014

A clonagem de cartões de débito e de crédito ou a usurpação de dados para utilização indevida dos valores das contas bancárias dos clientes das instituições bancárias, surgem todos os dias, e deixam surpresos muitos dos que possuem contas bancárias e sem saberem como, nem porquê os seus valores depositados sofrem ataques desfalcando as contas bancárias.

Desta vez afetou o calipolense Tiago Salgueiro, que explicou à Rádio Campanário, toda a situação que o deixou “surpreendido, quando se deparou com vários levantamentos no ano de 2014, gastos em apostas on-line, a partir de Malta”, acresce que “não faz ideia como retiraram os dados do cartão de crédito, nomeadamente o número e a data de validade, não tendo nunca feito pagamentos pela internet, só pode ter havido fraude nalguma loja ou restaurante por onde passei”.

Tiago Salgueiro viu a acrescida ao seu saldo do cartão de crédito 1700 euros para pagar à instituição bancária. O banco, no entanto, tem ajudado a solucionar, garantindo que não vai pagar este valor, perante a apresentação de queixa-crime contra desconhecidos, e tratar-se de um ato ilegal e à sua revelia. O Calipolense salienta “assusta-me a fragilidade com a que todos estamos sujeitos, sem conseguir sentirmo-nos seguros quanto à usurpação dos nossos dados pessoais”.

{play}http://radiocampanario.com/sons/tiago_salgueiro_cartao_roubado_6fev14.MP3{/play}

O alerta deixado surge no sentido de reforçar as precauções na utilização dos cartões de débito e crédito para não facilitar o caminho aos que usam esses métodos de invasão das conatas bancárias.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31