Reguengos de Monsaraz

COVID-19: ARS Alentejo diz fazer "o possível" na defesa dos doentes do lar de Reguengos de Monsaraz

Regional 13 Jul. 2020

A Administração Regional de Saúde do Alentejo assegurou, em comunicado, que está a fazer “o possível” para garantir os cuidados considerados necessários na defesa dos doentes infetados com COVID-19 no lar de idosos em Reguengos de Monsaraz.

“A Administração Regional de Saúde fez e continuará, dentro do quadro legal, a fazer o possível para garantir os cuidados considerados necessários, no espaço que foi atribuído aos utentes da Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, que necessitam de vigilância, mas que não têm critérios para internamento hospitalar”, lê-se no comunicado da ARS Alentejo.

No documento, a ARS sublinha que “estará sempre atenta” às necessidades de prestação de cuidados identificadas na região, tomando as medidas que estiverem na sua dependência, para “garantir sempre” os direitos da população que serve.

Com a situação no lar, o concelho de Reguengos de Monsaraz regista o maior surto no Alentejo da doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2. 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31