Imprimir esta página

Evora

CRO- Canil Gatil Municipal de Évora entre os que têm melhor desempenho a nível nacional

Regional 22 Abr. 2021

Números oficiais publicados no Relatório Anual da Direção Geral de Alimentação e Veterinária relativos a 2020, situam o Centro de Recolha Oficial de Évora (CRO) entre os que registaram melhor desempenho ao nível nacional na atividade de gestão e controlo da população de animais errantes, em especial de canídeos e felídeos.

Em nota enviada à nossa redação, a Câmara Municipal de Évora dá conta que o Centro de Recolha Oficial – Canil/Gatil Municipal, cuja direção é da responsabilidade do Médico Veterinário Municipal, registou 1776 atos de vacinação durante o ano de 2020, situando-se no primeiro lugar entre os 308 concelhos que integram o território nacional.

Mereceu destaque também o número de esterilizações efetuadas, 1101, terceiro lugar após Sintra e Lisboa, constando entre os primeiros 10 ao nível nacional em número de animais recolhidos e adotados, respetivamente 383 e 470, o que significa mais de uma adoção diária.

Os resultados positivos verificados são consequência do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido por uma equipa técnica da qual fazem parte, para além dos funcionários municipais afetos ao CRO, também um grupo de voluntários que, com empenho e dedicação, têm colaborado assiduamente nas diversas atividades, projetos e iniciativas promovidas pelo Município, sendo exemplos as integradas no “Projeto Fiel” e “Évora Cãovida”, de onde se destacam a campanha “Esterilizar Solidário”, visitas com animais a instituições de saúde, estabelecimento prisional, passeios e diversas ações de sensibilização dirigidas a crianças e adultos. A atuação do Serviço Veterinário Municipal não se limita, porém, ao controle da população de animais no espaço público.

Na nota enviada pode ainda ler-se , as competências atribuídas são amplas, integrando, entre outras, toda a atividade institucional no âmbito da vigilância e controle da higiene pública veterinária, sanidade animal, inspeção, controlo e fiscalização higiossanitária, profilaxia e vigilância epidemiológica, promoção e fiscalização de medidas sanitárias e de bem-estar animal, promoção de adoção responsável, assim como a informação às populações de todas as regras para a detenção de animais de companhia