Elvas: Agregação rejeitada pelo Conselho Municipal de Educação

Regional 19 Dez. 2012

As propostas de reorganização da rede escolar para o próximo ano letivo continuam a ser apresentadas às comunidades educativas com o objetivo de melhorar as condições das escolas na promoção do sucesso escolar e combate ao abandono, contudo há casos em que o documento não está a ser aceite por parte das instituições envolvidas. Depois da Escola Secundária Gabriel Pereira, em Évora, ter demostrado o seu descontentamento, é agora o presidente da Câmara Municipal de Elvas, Rondão de Almeida, que garante que o Concelho Municipal de Educação do concelho rejeitou a proposta por unanimidade. 

No entender do autarca elvense, o Governo pretende ajustar as contas públicas à custa do desemprego e da redução de professores e funcionários. A subdiretora da Escola Secundária D..Sancho II de Elvas, Fernanda Claro, também já se pronunciou sobre o assunto, referindo que a proposta de agregação entre a escola secundária e o agrupamento de Vila Boim não é aprovada uma vez que a escola secundária pretende continuar com a vertente técnica que tem vindo a desenvolver.

A Rádio Campanário contactou a Diretora Regional da Educação, Maria Reina Martim, que se escusou a prestar declarações, depois de já o ter feito aquando da tomada de posição das escolas em Évora.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31