Ourique

Empresa espanhola vai comercializar energia produzida no Alentejo, na maior central solar da Europa

Regional 02 Ago. 2018

A energia da Ourika!, primeira central solar fotovoltaica da Europa sem tarifa garantida suportada pelos contribuintes, recentemente inaugurada em Grandaços (Ourique, Beja), vai ser inteiramente vendida pela empresa espanhola Holaluz.

O projeto foi concretizado pela WElink, (MorningChapter), em parceria com a China Triumph International Engineering Company (CTIEC), num investimento de 35 milhões de euros.

A Holaluz, empresa que vende 100% de eletricidade provenientes de fontes renováveis: solar, hidráulica, eólica, biomassa e biogás, surge assim como “agente de mercado” para a central de Ourique. Até então, a empresa comprava energia a 400 produtores espanhóis, juntando assim à lista a central de origem português, sendo que, segundo informações da empresa, esta opera também no mercado português.

Em declarações à comunicação social espanhola, Holaluz faz saber que não obtém vantagens no preço de compra em território português. A mesma publicação aponta que os promotores do projeto consideraram Portugal para a implementação da central, por se encontrar a 80 kms da fronteira, mas não ter o imposto de 7% sobre a geração de energia renovável praticado em Espanha.

A central Ourika! tem 100 hectares, 142 mil painéis fotovoltaicos, uma potência instalada de 46 MW (suficiente para abastecer 25 mil lares) e uma capacidade de produção de 82 GWh por ano.  

 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31