27 Out. 2020
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Alentejo

Estado vai vender 10 imóveis no Alentejo avaliados em 1,74 milhões de euros

Regional 06 Nov. 2018

A Direção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF) vai levar a hasta pública, na próxima quinta-feira (8 de novembro), 35 imóveis onde o valor base de licitação ronda os quatro milhões de euros.

Na lista de imóveis consta uma dezena de apartamentos, lojas, terrenos e moradias situados no Alentejo, com os quais a DGTF espera arrecadar 1,74 milhões tendo em conta o valor base de licitação de cada imóvel.

Entre os imóveis, destaque para um terreno situado em Évora com 7,375 m2 que a DGTF irá colocar em hasta pública por um valor base de licitação de 449 mil euros. Ainda em Évora serão vendidos quatro escritórios localizados na Rua da Alcárcova de Baixo, dois com base de licitação de 187 mil euros, um com um valor base de 178 mil euros e outro com preço base de 114 mil euros.

Em Beja, destaque para um par de lojas na rua Luís de Camões, cada uma com base de licitação de 238.300 euros. Também nesta localidade, a DGTF irá colocar à venda dois apartamentos, um T4 e um T3 com bases de licitação de 58 mil euros e 39 mil euros, respetivamente.

Ainda no distrito de Beja, será colocado em hasta pública um apartamento T3 em Ferreira do Alentejo, propriedade do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça, que terá como valor base de licitação o montante de 52 mil euros.

Embora na lista não conste qualquer edifício ou terreno no distrito de Portalegre, a DGTF leva a hasta pública uma série de imóveis situados nos distritos de Aveiro, Bragança, Porto, Setúbal, Viseu, Madeira e Lisboa, para além dos distritos alentejanos já referidos.

As propostas têm de ser apresentadas por escrito até às 16 horas de quarta-feira (dia 7 de novembro) e “devem indicar um valor para arrematação do imóvel superior à base de licitação e ser acompanhadas de um cheque, emitido à ordem da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública, E.P.E. (...) de montante correspondente a 5% do valor da proposta”, explica a DGTF. De referir que os processos dos imóveis podem ser consultados na sede da DGTF das 10h às 12h e das 14h às 18h30.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31