28 Nov. 2022
Augusta Serrano
Ecos da Planura
09:00-11:00

Redondo

“Feira de S. Francisco arranca com viticultura:“o Redondo produz 20M de garrafas de vinho” diz Pres. Do Município(c/som e fotos)

Regional Escrito por  05 Out. 2022

Arrancou hoje em Redondo a Tradicional Feira de São Francisco.

Uma das mais tradicionais feiras no Alentejo, que anima os redondenses no feriado do 5 de outubro, arrancou hoje com uma abordagem aos vinhos, dinamizadores em grande escala da economia local.

Esta tarde, no Pavilhão de feiras e exposições realizaram-se as Jornadas técnicas de viticultura.

A Rádio Campanário marcou presença e falou com o Presidente da Câmara Municipal de Redondo David Galego que começou por nos referir a importância deste setor para o concelho “os vinhos são sempre reis nesta terra porque em termos de economia local são fundamentais para o nosso território” realçando “nós temos um peso significativo da vinha, dos vinhos e de tudo o que envolve essa atividade económica.”

O Autarca sublinha que o concelho “produz quase 20 milhões de garrafas de vinho no nosso concelho o que é muito importante e estamos presentes em 30 países em termos de exportações e é isso que queremos continuar a dinamizar.”

Com o objetivo de introduzir novas áreas, estratégicas para o concelho, nesta Feira de São Francisco, David Galego explica que “estas jornadas são o início de uma atividades no contexto da feira de São Francisco onde decidimos colocar uma série de áreas mais dedicadas à agricultura nomeadamente congressos e workshops ligados à vitivinicultura assim como a todas as máquinas importantes para este setor e ao seu trabalho porque somos uma terra de agricultores.”

O Presidente da CM de Redondo entende que “há uma aposta clara com o apoio do turismo de Portugal para nós aproveitarmos esta base territorial da vinha e do vinho e promover Redondo como um território vitivinícola.”

Tal como a Rádio campanário já noticiou para os meses de outubro e novembro, o Município de Redondo tem uma serie de atividades programas especialmente dedicadas ao setor dos vinhos, através da marca Wine land que tal como explica pretendem “ harmonizar a nossa gastronomia com os vinhos , chamar a nós a nossa cultura das tabernas, do barro e do cante alentejano.”

Para o futuro está ainda projetada uma proximidade à Serra D'Ossa e Dark Sky pois como refere David Galego ”é um caminho que vamos querer fazer em conjunto com os produtores e como os vitivinicultores , com as nossas adegas que estão também imbuídas neste espírito para levarmos o nome de Redondo mais longe no nosso território” acrescentando “o turismo de Portugal e a Agência de promoção turística internacional dão-nos este apoio para depois promovermos internacionalmente a marca.”

 

Quanto à feira de São Francisco que vai animar Redondo nos próximos dias, segundo o autarca “ela envolve muito do que é o nosso território em termos de artesanato e cultura mas que na área da agricultura temos ainda um passo gigante a dar.”

Queremos estar muito próximo da nossa agricultura, dinamizar áreas como a vitivinicultura , pecuária, os trabalhos agrícolas porque são muito importantes e são o setor mais importante da nossa economia local” conclui o Presidente da Cm de Redondo.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30