18 maio 2022
Augusta Serrano
Notícias
17:00-19:30

GNR / Portalegre - Instrutor "Red Man" acusado de 6 crimes por agressões!

Regional 26 Jan. 2022

O instrutor da GNR que ficou conhecido por "Red Man" está acusado de 6 crimes por agressões aos formandos do Centro de Formação da GNR em Portalegre.

A informação está a ser avançada esta noite pela TVI / CNN Portugal. A procuradora acredita que "o arguido agiu com consciência e vontade de molestar o corpo dos seus subordinados", quando os agrediu com um bastão extensível, durante uma formação da GNR, em 2018, avança o canal televisivo.

O Ministério Público acusou um instrutor da GNR de seis crimes de abuso de autoridade por ofensa à integridade física, na sequência do caso que ficou conhecido por "Red Man" - em que o militar surgia em imagens que foram captadas por telemóvel e divulgadas, em 2018, com um fato a agredir violentamente instruendos no curso de formação de GNR, em Portalegre. 

No despacho de acusação, a que a CNN e a TVI tiveram acesso, a procuradora diz que "o arguido agiu com consciência e vontade de molestar o corpo dos seus subordinados". A consequência foram vários ferimentos e lesões provocados às vítimas. 

Recorde-se e como a Rádio Campanário noticiou o oficial da GNR que promoveu em Portalegre um treino chamado "Red Man", em que vários candidatos a guardas ficaram feridos foi punido com 121 dias de suspensão. A medida disciplinar foi publicada em Diário da República, em abril de 2021.

Foi entre 1 de outubro e 9 de novembro de 2018, que cerca de 10 guardas provisórios do 40.º curso de formação do Centro de Formação da GNR, em Portalegre, sofreram graves lesões e traumatismos durante o módulo "curso de bastão extensível", que durou entre 1 de outubro e 9 de novembro. Foram violentamente espancados e humilhados por um formador denominado "Red Man" (homem vermelho), armado com luvas de boxe, chumaços, caneleiras e capacete protetor, em notória superioridade em face dos indefesos recrutas, a lutar de calças e t-shirt, sem qualquer proteção e com um mero bastão de plástico (PVC) revestido a esponja ou borracha. Houve recrutas que perderam os sentidos e ficaram com lesões oculares, em risco de perder a visão.

As violentas agressões provocaram graves lesões, obrigando a internamentos hospitalares e a intervenções cirúrgicas. Houve formandos que perderam os sentidos e ficaram com mazelas oculares. Correram sério risco de perder a visão.

C/ TVI / CNN Portugal

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31