Imprimir esta página

Evora

Hospital de Évora sem banhos de água quente para prevenção de surto de legionella

Publicado em Regional 20 junho, 2019

Após as queixas de vários utentes e funcionários do Hospital do Espírito Santo de Évora, que foram tornadas públicas durante a manhã desta quinta feira (20 de junho), sobre a falta de água quente para banhos na referida unidade hospitalar, vem o Hospital do Espírito Santo de Évora EPE através de comunicado enviado para a nossa redação esclarecer o seguinte:

 

"No dia 26 de maio foi enviado um comunicado à comunicação social referindo que havia sido notificado um caso provável de Doença dos Legionários num doente que esteve internado no Hospital do Espírito Santo de Évora EPE (HESE). Embora não se tenha podido confirmar, até à data, que a origem deste caso provável esteja associada ao HESE, as Autoridades de Saúde, em articulação com o Conselho de Administração deste Hospital, realizaram um inquérito epidemiológico e ambiental.
 

As autoridades implementaram ainda medidas preventivas e cautelares para assegurar o reforço da vigilância epidemiológica, da vigilância ambiental, e medidas preventivas para a segurança de todos os doentes e profissionais. Uma das medidas consiste na não utilização de água quente nos duches. 
 

Até que haja indicações contrárias, expressas, por parte das autoridades de saúde, manter-se-ão todas as medidas implementadas desde aquela data. 
 

Não se registou mais nenhuma suspeita ou caso semelhante".