Evora

Luís Godinho denuncia atraso no pagamento de honorários aos árbitros de Évora desde setembro

Regional 10 Jan. 2019

Em protesto conta o alegado atraso no pagamento de honorários referentes a partidas já realizadas, alguns árbitros de futebol de Évora ameaçam não apitar qualquer jogo organizado pela Associação de Futebol de Évora. Segundo declarações do árbitro internacional Luís Godinho à imprensa, “desde terça-feira que os árbitros estão indisponíveis para dirigir os jogos da associação até isto ser resolvido".

Segundo o árbitro, presidente do Núcleo de Árbitros de Futebol da Zona dos Mármores 'Prof. Jorge Pombo', os juízes têm em atraso o pagamento dos honorários dos jogos referentes a setembro, outubro e novembro do ano passado.

Assim, os árbitros, que "já estavam descontentes" com outras questões, como a segurança dos jogos, entregaram "as licenças por tempo indeterminado", com início esta terça-feira, dia 10 de janeiro, disse Luís Godinho à Lusa.

Para voltarem a arbitrar, os árbitros reivindicam a realização dos pagamentos e a assinatura de um memorando de entendimento sobre vários assuntos entre a AFE e os núcleos.

Com o memorando já assinado, mas sem uma resolução acerca da questão dos honorários, o árbitro internacional admitiu, no entanto, que também "há árbitros que falham" na validação dos extratos de conta, após as alterações feitas à forma como os árbitros emitem os recibos, desde o arranque da atual temporada.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30