Marcelo Rebelo de Sousa anuncia que situação de emigrantes na Ucrânia está a ser acompanhada

Regional Escrito por  24 Fev. 2022

Após a reunião com a embaixadora da Ucrânia em Lisboa, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou ao país, deixando uma mensagem de solideriedade ao povo ucraniano e garantiu que os portugueses que se encontram na zona de conflito estão a ser acompanhados para a sua retirada. Para além disso mencionou ainda os turistas ucranianos que estão em Portugal e que irão ser também acompanahdos enquanto continuem impossibilitados de regressar ao seu país.

"Condeno veementemente a violação do direito internacional por parte da Federação Russa. Quero testemunhar a solidariedade para com o povo ucraniano, conforme disse aqui à embaixadora. Acompanhamos a situação dos emigrantes portugueses que já sairam ou estão a sair do território ucraniano, sendo que a grande maioria tem dupla nacionalidade. O Governo português está também a acompanhar a situação de turistas ucranianos que se encontram em Portugal e não podem regressar", disse.

No que diz respeito à reunião do Conselho Superior de Defesa Nacional, Marcelo Rebelo de Sousa destacou a  "unanimidade que houve na dileberação dos conselheiros e tambem na dimensão do contributo português. Tratou-se de autorizar a projeção nos termos das missões da NATO em território da NATO, numa intervenção de, na medida que comporta Forças, quer da Armada, quer do Exército, quer da Força Aérea," que seja uma intervenção apaziguadora e não de conflito.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31