×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

COVID19

Novas medidas serão para 1 mês: Não há festas de fim de ano e as férias de Natal não serão antecipadas

Regional 01 Dez. 2020

O primeiro-ministro António Costa revelou, esta terça-feira, que o Natal de 2020 será diferente e que não haverá festas de Ano Novo.

De acordo com a informação avançada pelo primeiro ministro, o calendário escolar mantém-se inalterado, sem a antecipação das férias escolares, conforme tinha sido inicialmente avançado.

"Não vai poder ser um Natal normal", disse António Costa, sublinhando que "não haverá seguramente festas de fim de ano", com a despedida de 2020 a ser feita "com todas as restrições" avança o Jornal de Notícias.

Em entrevista ao Observador, o primeiro-ministro anunciou também que o plano de vacinação será anunciado na quinta-feira, dois dias antes de serem anunciadas as medidas de combate à pandemia.

Segundo a mesma notícia, as novas medidas irão vigorar por um mês, em vez de uma quinzena, ou seja até 6 ou 7 de janeiro.

O primeiro-ministro disse ainda que "o ritmo dos novos casos está a diminuir", o que quer dizer que as medidas de contenção "estão a produzir o efeito".

Na mesma entrevista, António Costa que "a queda da pandemia vai ser mais lenta mas os danos económicos serão menos duros" em Portugal, porque, entre outras coisas, Portugal é dos "pouquíssimos" países na Europa onde a restauração funciona.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31