Alentejo

“O problema demográfico do Alentejo é complexo e tem que ser resolvido nos próximos anos”, diz Ceia da Silva (c/som)

Publicado em Regional 20 setembro, 2018

Portalegre foi esta quarta-feira (19 de setembro) palco do 2º Congresso Melhor Alentejo, promovido por um movimento de cidadania homónimo, numa iniciativa onde se reuniram governantes e representantes de várias entidades, para construir soluções para os problemas da região, nomeadamente ao nível da demografia e das acessibilidades.

Sob o lema «Juntos somos Melhor Alentejo», contou com a presença do Presidente da República, e dos ministros do Ambiente e das Infraestruturas.

 “Debater e discutir o Alentejo é sempre positivo”

Em declarações à RC, António Ceia da Silva, presidente da ERT (Entidade Regional de Turismo) Alentejo afirma que o congresso “debate aquilo que é fundamental para o território”, destacando como questão decisiva a “falta de pessoas” na região.

Neste sentido, defende que as abordagens às várias dinâmicas, que vão desde o turismo, às acessibilidades, mobilidade, infraestruturas ou ambiente, considerem a atração de pessoas, nomeadamente qualificadas, para a região.

O dirigente considera ser esta a forma de conseguirmos “um melhor Alentejo”, com “aquilo que é melhor” para a região.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31